5 frases relacionadas à sucesso para você se inspirar

Acredito que todo mundo gosta de sentir-se bem sucedido, mesmo o sucesso sendo relativo e dependendo da visão de cada um. Sucesso para alguém por exemplo, pode ser entregar um trabalho na qual a pessoa deu duro dedicou-se e no final fica o sentimento de realização.

Podemos estabelecer uma meta de sucesso para cada fase da nossa vida. Por exemplo, concluir o Ensino Médio com sucesso, entrar na faculdade, ter um bom trabalho e assim por diante. Claro que a vida não tem um script e cada um tem a sua definição de objetivos a serem atingidos e o sucesso para cada um deles.

Deve-se sempre ter em mente que uma vez que atingimos o sucesso, mantermos a nossa humildade e integridade e sabermos administrar o que está ao nosso redor sem nos prejudicar ou outrem. Dá uma olhada nessas 5 frases relacionadas a sucesso para você se inspirar no seu dia a dia.

1 – Um objetivo sem um plano, é apenas um desejo.

2 – Pequenos progressos todos os dias, levam a grandes resultados.

3 – A chave para o sucesso é começar antes que esteja pronto.

4 – Coisas boas nunca vem da zona de conforto.

5 – Sucesso não vem do que você faz ocasionalmente. Vem do que você faz constantemente.

E aí, o que vocês acharam dessas 5 frases relacionadas à sucesso? Deixem nos comentários!

5 coisas legais para fazer no frio

Sempre gostei muito do frio, do nosso frio aqui do Brasil, que não é algo exagerado. E embora muita gente não goste, o frio consegue ter suas vantagens. Não sei vocês, mas me dá uma preguicinha sair de casa no frio, então para não ficar tão entediada, sem nada para fazer dentro de casa, dá uma olhada nessas 5 coisas legais para fazer no frio.

1 – Assistir filmes e séries debaixo

Super clichê, mas gente é muito gostoso assistir à um bom filme no frio ou chuva. Principalmente os de terror, no meu caso, que sou super fã. E claro que não pode faltar um bom doce para acompanhar.

2 – Tomar chocolate quente

Ahn como é bom tomar um chocolate quentinho no frio! Segurar a xícara com as mãos e sentir que aos poucos você vai se esquentando.

3 – Ler um bom livro

Ler livros é sempre gostoso, mas ler livro em dia frio é ainda melhor! Poder ficar à enrolado no edredom, lendo uma boa história.

4 – Usar roupas de frio

Quando a gente precisa sair de casa, pois afinal precisamos trabalhar ou estudar, nada melhor do que colocar um casaco quentinho e uma bota bem confortável. Além de um cachecol se estiver bem frio.

5 – Tomar banho quente

Ok, a parte de chegar até o banho não é fácil, mas depois de estar debaixo da água quentinha (ou fervendo no meu caso) é muito relaxante!

O calor é bom, mas o frio também tem seu lado bom! Então, o que acharam dessas 5 coisas legais para fazer no frio? O que mais vocês incluiriam? Deixem nos comentários!

Porque você deve quebrar barreiras

No começo do ano, me peguei pensando em quanta coisa deixei de fazer por medo de me arriscar. Percebi que durante toda a minha vida nunca gostei de fazer as coisas sozinha, sempre sentindo aquela insegurança em ir para algum lugar desconhecido sem ninguém do meu lado para me dar apoio. Como consequência, deixei de fazer muitas coisas. Desde que me toquei que não devemos deixar a vida simplesmente passar por nós, pois nem sempre vai ter alguém do nosso lado, decidi que era o momento de quebrar barreiras internas .

Uma das coisas que mais gosto de fazer é tirar fotos como hobby, não sou profissional, mas curto muito brincar com a câmera. Onde moro, tem muitos parques naturais, prédios históricos e até linha de trem, aliás morro de vontade de tirar umas fotos lá. Eu sempre chamava alguém para ir comigo, mas até então eu não entendia que quando alguém não tem a mesma paixão que você por algo, ela simplesmente não entende sua ânsia e a sua necessidade de fazer algo. Como as pessoas sempre acabavam desistindo bem na data ou dia anterior, eu me desmotivava e acabava não saindo também. Passava aquele sábado ou domingo ensolarado dentro de casa.

No início do ano aconteceu exatamente isso. Tínhamos marcado de ir num parque natural aqui da minha cidade. Basicamente é um lugar para fazer caminhadas e relaxar. Tem um parque para as crianças brincarem e um lago, que está um pouco abandonado (lágrimas). Mas é um ótimo lugar para sentir ar puro e simplesmente apreciar os momentos e agradecer pela vida que temos. Bem na noite anterior a pessoa desistiu de ir comigo. Claro que me desanimei na hora, pois estava contando e esperando ansiosamente por aquilo. Mas pela primeira vez eu não desisti. Primeiro, eu não precisava da companhia de uma pessoa que não queria estar lá. Segundo, tudo o que eu precisava era de mim mesma, da minha câmera, do meu tripé e da minha força de vontade.

Levantei na manhã seguinte, bem cedo, para poder pegar as melhores horas para fotografar e fui, sem medo, sem desistir. E devo dizer, foi um dos melhores dias para mim. Não tinha ninguém me apressando para tirar foto. Pude apreciar cada detalhe, desde um graveto no chão à uma flor florescendo. O céu brilhava sobre mim e minha pele recebia o calor do sol que me abraçava graciosamente. Eu tive um tempo só meu entende? Onde pude fazer algo que gosto, tirei quantas fotos quis e fui embora na hora que quis.

A lição que aprendi é que não devemos esperar e depender de alguém para nada nessa vida, principalmente se for nos impedir de fazer algo que desejamos. Se alguém te segura para trás ou te desmotiva. Continue sozinha. Em algum momento você vai encontrar alguém que compartilha da mesma paixão e vai poder trocar ideias, conhecimentos e experiências. Mas jamais deixe de seguir o caminho que sente que tem que seguir por medo ou insegurança por não ter ninguém te apoiando todo o tempo. Afinal todos nos sentimos assim em algum momento. Mas já pensou se ninguém tivesse coragem de meter a cara lá fora e quebrar barreiras? Estaríamos todos dentro de casa, pensando no que poderia acontecer se fizéssemos isso ou aquilo. Esse texto foi exemplificando uma experiência pessoal, mas podemos levar como lição para outras áreas da nossa vida.

E aí, o que achou do texto? Vamos quebrar barreiras? Já passou por alguma experiência da qual deixou de fazer algo pois não tinha apoio? Deixe nos comentários!

25 Coisas para agradecer

25 coisas para agradecer

“Sometimes, little things make a big difference / As vezes, pequenas coisas fazem uma grande diferença” – Nino Varsimashvili”

Hoje vamos falar de 25 coisas para agradecer. Há algum tempo atrás, ouvi alguém falando que no fim do dia escrevia tudo de bom que tinha acontecido no decorrer do dia dela. A partir disso, comecei a prestar atenção no meu dia e o que eu tinha a agradecer no fim do dia. As vezes parece que nada acontece, mas se pararmos para pensar e colocar no papel, veremos que são pequenas coisas que fazem toda a diferença.

25 coisas para agradecer

Deitar na cama e se enrolar no cobertor depois de um longo e estressante dia. Tomar uma xícara de chocolate quente num dia frio. Ler o seu livro favorito, enquanto uma chuva fina cai lá fora. Coisas como essas são especiais, são momentos, que podem parecer passageiros e bobos, mas que fazem a maior falta, quando estamos ocupados correndo de um lado para o outro, sem tempo para nada.

Sendo assim, reuni 25 coisas para agradecer, pequenas coisas, mas com grande significado:

25 coisas para agradecer

E aí, o que vocês tem para agradecer hoje? O que vocês acharam de 25 coisas para agradecer? O que vocês acrescentariam na lista de vocês? Deixem nos comentários!

Documentário O Segredo

O segredo

Já ouviu falar da Lei da Atração? É o que vamos falar resumidamente hoje. De uns tempos para cá, eu ando a procura de coisas que me fazem bem, que me dão motivação em continuar em frente, em lutar pelos meus sonhos.

Cheguei então, até o documentário O Segredo, que foi indicado por uma amiga. Eu já tinha ouvido falar antes, do livro, não do documentário, mas nunca dei bola. Pois achei que estava mais relacionado à religião e não tem nada a ver.

O Segredo, é então um documentário de 2006. O documentário fez tanto sucesso, que foi lançado um livro, que acabou se tornando um Best-Seller.

Eu não li o livro, apenas assisti ao documentário. E nele, temos os depoimentos de escritores, pesquisadores e filósofos que falam de um segredo conhecido por alguns dos líderes da humanidade e que nunca tinha sido revelado antes e que pode ser a chave para o sucesso.

o segredo

Basicamente, podemos resumir o documentário em a Lei da Atração. Você já acordou pela manhã mal humorado e percebeu que todo o seu dia foi ruim? Segundo o documentário, pensamentos negativos e mau humorados atraem mais coisas ruins que mantem os pensamentos negativos. Porém, se você começar a pensar positivamente, as coisas boas voltam a acontecer e seu dia normaliza. Ou seja, você atrai aquilo que transmite.

Então, se você deseja muito algo na sua vida, basta desejá-la de forma incondicional e direcionar os pensamentos positivos para esse fim e nunca desistir. A lei da atração é capaz de fazer qualquer coisa, basta você acreditar.

Segundo o filme, essa lei é algo que age em todos nós, assim como outras leis naturais, como da gravidade, da ação e reação e assim por diante. De acordo com o documentário é uma lei que explica o porque tudo acontece a nossa volta, nossos pensamentos produzem os acontecimentos do dia a dia e se tivermos boas emoções, teremos bons acontecimentos. Se tivermos más emoções, atrairemos más acontecimentos a nossa volta. O filme defende que temos que ter cuidado com o que pensamos e atraímos para nós.

o segredo

O documentário ainda transmite a ideia que devemos agradecer pelo que temos, e ainda termos a pirâmide dos objetivos que é Pedir, Crer e Receber.

É difícil manter os pensamentos positivos todos os dias, o dia todo. Sempre aparece uma pessoa que acaba com o seu humor, ou o trânsito estressante de deixa mal. Mas o importante é, quando os pensamentos ruins vierem, tentar substituí-los por coisas boas. Assim, você vai viver de forma melhor.

Trailer do Documentário:

E aí, vocês já tinham ouvido falar do filme e livro O Segredo? O que acham do poder da Lei da Atração? Deixem nos comentários!

Akai-ito – Fio Vermelho do Destino

akai-ito1

Você já pensou que talvez existe alguém destinado a ficar com você desde o seu nascimento? Há uns anos atrás eu assisti um drama japonês chamado Akai-ito, ou fio vermelho do destino. A história do drama retrata uma lenda existente no Japão, que diz que as pessoas já nascem destinadas uma a outra. Elas estão ligadas por um fio invisível amarrado em seus dedos mindinhos desde seu nascimento e essa linha nunca será partida. O drama conta então a história de Mei e Atsushi que nasceram no mesmo dia, 29 de fevereiro de 1992. Em seus aniversários de 8 anos se encontram por acaso e depois não se veem mais. Porém Atsushi acaba sendo transferido para o mesmo colégio que Mei frequenta, para a mesma sala e para a mesa ao seu lado. Além das coincidências do destino, há muitos obstáculos na vida para que ambos ultrapassem, se realmente querem ficar juntos.

Depois que eu assisti, eu fiquei muito tempo pensando nesse assunto, pois sou muito interessada em histórias, já que amo escrever também. Sendo assim, eu fiz uma pesquisa sobre o assunto já naquela época, mas estou compartilhando hoje com vocês, pois…sabe quando aquela história fica guardadinha com você e nunca vai embora e de tempos em tempos você lembra dela? Então…segue abaixo, a lenda original, um pouco mais detalhada.

Akai-ito é uma mitologia que está bastante presente na cultura japonesa, que significa fio vermelho do destino. Essa lenda é originária da China e esse termo (Akai-ito) é bastante usado no Japão, especialmente em Mangás, Animes, Música e Vídeo Games.

Uma linha vermelha invisível conecta duas pessoas que estão destinadas a ficar juntas, não importa o tempo, lugar ou circunstância. A linha pode esticar, ficar emaranhada mas nunca, nunca vai se quebrar.
A lenda conta então sobre um garoto que voltando para a casa uma noite, vê um velho homem parado sob o luar. Ele explica para o garoto que este está amarrado a sua futura esposa pela linha vermelha. O velho mostra ao garoto sua destinada esposa, uma garota. Sendo jovem e não tendo interesse algum em ter uma esposa, o garoto pega uma pedra e joga na garota, fugindo.

Muitos anos depois, o garoto já adulto, acaba tendo um casamento arranjado por seus pais. Na noite de seu casamento, sua esposa espera por ele em seu quarto, com um tradicional véu cobrindo seu rosto. Quando ergue o véu, o rapaz fica feliz em ver que sua esposa é uma das mais belas mulheres de seu vilarejo. Entretanto, ela usa um adorno cobrindo sua sobrancelha. Ele pergunta para ela por que está usando aquilo e ela conta que quando era uma garota, um garoto jogou uma pedra e a machucou, deixando uma cicatriz em sua sobrancelha. A mulher é de fato a mesma garota que o velho mostrou ao garoto quando era criança.

Um mito envolvendo amor e destino, que pode soar legal e romântico, mas lembrando que é apenas uma lenda, mas mesmo assim não é incrível? Eu amo histórias assim. E gosto de acreditar que sempre vai existir alguém para todo mundo em algum momento das nossas vidas, afinal vivemos num mundo com mais de 7 bilhões de pessoas, impossível não encontrar alguém que vai se conectar instantaneamente a você, então sem pressa, com paciência chegamos lá, enquanto isso vamos aproveitando e vivendo nesse mundo incrível que chamamos de nossa casa.

E você, acredita em destinos? Acredita que existe alguém destinada a ficar com você em algum momento? Deixe nos comentários! Adoro saber o que as pessoas pensam sobre esse assunto.

Pessoas e Pensamentos Negativos

photo-1430806688124-5d16c8740329

Pelo menos 70% das pessoas que você conhece tem aquela aura negativa ao redor dela, sempre falando dos outros, nunca está feliz por você e sempre acha algo para criticar. Já parou para pensar como essas pessoas convivem com ela mesmo? Deve ser difícil, ficar pensando em coisas ruins o tempo todo. Eu era parcialmente assim também, nunca vendo o bem em nenhuma situação, sempre prevendo o pior em tudo e em todos. Vim a perceber com o passar do tempo e conforme fui amadurecendo que é uma tremenda perda de tempo, gastar energia com pessoas e coisas que nada de bom vão trazer para mim.

Eu fui aprendendo a filtrar os tipos de pessoas, existem aquelas que eu quero me relacionar e aquelas que preciso me relacionar, seja por motivo de trabalho ou qualquer outro. Procuro sempre me rodear de pessoas positivas, pois não tem como viver bem, se estiver rodeada de pessoas que sempre tem uma nuvem preta na cabeça delas o tempo todo, pronta para destruir qualquer realização sua. Fuja daquelas pessoas que não te dão apoio, que sempre querem alguma coisa de volta, não ajuda só por ajudar, que não te encorajam a correr atrás dos seus sonhos, que estão sempre reclamando, fofocando, invejosas, que te colocam para baixo, apenas para ela se sentir bem consigo mesmo, essas pessoas irão literalmente sugar toda a energia de você. Mas como eu disse, há aquelas pessoas que você é obrigada a falar, nessas horas que temos que aprender a filtrar o que receber da outra pessoa.

photo-1446108440972-3798c860067c

Procure ser a pessoa positiva, não seja a vítima, é tão fácil dizer que algo que aconteceu no passado marcou você, como por exemplo, dizer que seus pais não te deram uma infância feliz e como consequência sua vida é uma porcaria por causa disso, já ouviu algo semelhante de algumas pessoas? Não importa o que aconteceu no passado ou o que está acontecendo na sua vida, apenas siga em frente, sem querer colocar a culpa nos outros. Livre-se dos pensamentos negativos que estão te limitando a conquistar algo e vá atrás dos seus sonhos, uma vez que comece a pensar positivo, o sucesso virá até você.

Já leram aquele livro Pollyanna? O livro passa uma mensagem positiva de que todas as coisas podem ser melhores, dependendo da forma como olhamos. É um livro que todos deveriam ler alguma vez na vida. Pollyanna possui uma alma motivadora, que contagia todos ao seu redor. Aquele tipo de pessoa que com um sorriso, transmite paz e conforto, é alguém que devemos manter sempre por perto ou ser essa pessoa.

E aí, vocês já encontram alguém assim ou tiveram algum momento na vida de vocês onde não conseguia ver o bem em nada? Deixe nos comentários! Como vocês fazem para afastar pessoas negativas?

Você já se sentiu como se não pertencesse a lugar nenhum?

photo-1443505661782-b397f448836b

Você já sentiu como se não pertencesse a lugar nenhum? Você está ao redor de pessoas, mas elas são estranhas para você, entendiantes e conversar com elas é um sacrifício, mas existe essa concepção que é preciso ser sociável e descolado para poder se encaixar em algum lugar, então você tenta e embora dê risadas, saia e se divirta, no fim do dia, você se sente falsa, pois nada daquilo te define, diz quem você é.

Seus sonhos se realizam, mas por algum motivo não se sente feliz e nada parece ter mudado a sua vida, tudo permanece o mesmo. Você acaba desistindo por um tempo, achando que o problema é você, talvez seja, e passa apenas a existir, sendo empurrada pelo tempo. Um dia você quer começar de novo e pensa que talvez o que passou, não era realmente o que você queria ou você não lutou o bastante e que dessa vez vai acertar, vai se sentir bem de novo. Então tenta e tenta, repetidas vezes e nenhuma delas parece ser o certo, o seu momento, aquele que você para e pensa, isso é o que eu queria, essa sou eu, eu estou feliz.

Mas a pergunta permanece, quem sou eu? Você ainda não encontrou o click, aquele momento que vai te fazer brilhar e causar admiração e espanto nas pessoas que duvidaram de você. E mais uma vez, sente que não passa de um desperdício de espaço no mundo. Todas as portas parecem estar fechadas, mas então, quando a chama está prestes a apagar, ela acende de novo e você tem a esperança que se continuar indo, atrás de alguma porta, estará o que você sempre esteve procurando. Você olha para o céu e vê um mundo diferente, onde há esperança e com o coração quente, resolve continuar. Você ainda não encontrou o que procura, mas tem algo que poucas pessoas tem, que é a esperança, acredita que coisas boas ainda virão e não desiste nunca, não importa quantas pedras encontre no caminho, quantas portas fechadas, você vai ir abrindo uma por uma e ainda vai encontrar a resposta, nem que signifique passar a vida toda tentando, o importante é acreditar em você e não desistir. Nunca.

Beijos,

Lilian Moraes

8 Dicas para você se preocupar menos

Via de regra, dedicar seu tempo, pensando em algo é uma coisa boa, mas enquanto tem pessoas que não pensam ou se preocupam, outras se preocupam até demais. Algumas pessoas se colocam em um estado de estagnação, frustração, exaustão e ansiedade. Elas fazem do simples, o complexo e do fácil, o difícil e o menor dos problemas, se tornam o maior drama para ela. Desperdiçam o tempo analisando tudo e todos. São especialistas em interpretar errado o que as pessoas estão dizendo e mesmo que não tenha motivo algum para se magoar com um assunto, elas vão encontrar um. São obcecadas, compulsivas e perfeccionistas demais. Basicamente elas se preocupam demais com praticamente nada.

Você se identifica com alguns dos itens citados acima? Eu certamente me identifico, embora eu tenha conseguido mudar já há algum tempo. Viver em preocupação, não é saudável, mentalmente e fisicamente. Eu era uma das pessoas mais preocupadas do mundo. Eu tinha um problema. Se as coisas não acontecessem como eu tinha planejado, tudo estava perdido. Um exemplo, eu sou obcecada com horários, ainda sou um pouco, mas melhorei, acredite. Eu tinha horários para tudo, como levantar todos os dias as 6 horas. Tomar café por no máximo 30 minutos, ler um livro em determinado horário e se alguém me interrompesse em alguns dos “meus” horários, eu ficava irritadíssima. É legal ser organizado, mas não precisa girar sua vida ao redor de “horários”. Eu chegava a perder noites de sono por assuntos ridículos com algo que alguém tinha falado e eu interpretava de uma outra maneira e já criava um cenário todo para o assunto e acabava brigando com todo mundo.

Um dia eu parei e pensei, meu, os anos estão passando assustadoramente rápido e se eu passar 24 horas do meu dia se preocupando com o que as pessoas vão pensar ou o que vai acontecer se eu perder 30 minutos em uma coisa que era para levar 10 minutos, eu não vou viver. E eu quero viver. Não quero chegar nos meus 70 anos e olhar para trás e ver que o máximo que eu fiz, foi conhecer o shopping da cidade. Eu quero conhecer o mundo, não quero pensar no dia do amanhã, não quero pensar nem na próxima hora, quero viver o presente. E se não tem motivos reais para se preocupar, porque gastar energia com um assunto que em nada vai mudar minha vida? Não estou falando para vender tudo e ir vender coco na praia (não que isso seja um problema), estou falando em levar as coisas com mais calma. Não é o fim do mundo. Ainda.

girl-flowers

Veja algumas dicas legais abaixo:

1 – Se preocupar com coisas ruins não vai impedir elas de aconteceram, só vai te impedir de aproveitar as coisas boas da vida.

2 – Pare de deixar as pessoas que fazem tão pouco por você, controlar a sua mente, sentimentos e emoções.

3 – Pensar demais acaba com você. Acaba com a situação, estraga as coisas ao redor e te faz se preocupar a toa pensando que as coisas são piores do que realmente são.

4 – Para de esperar por perfeição (o melhor momento, a melhor condição), para fazer o que você sabe que deveria ter feito um bom tempo atrás.

5 – Não assuma. Aja com fatos.

6 – Seja mais proativo, faça coisas! Saia da teoria e vá para o prático. Vá fazendo um pouco a cada dia para você chegar aonde você quer.

7 – Faça as perguntas certas a você mesma(o). Aquelas que vai te colocar mentalmente em um estado positivo, prático e produtivo. Identifique o problema, mas foque na solução.

8 – Pare de tentar achar justificativas para algo que você não está fazendo. Seja honesto com você mesma(o).

E aí? Vocês são preocupadas(os) demais também? Deixe sua opinião nos comentários!

História de Halloween: A Boneca

3bf70da8_1

Eu já comentei várias vezes que gosto muito de escrever né? Como o Halloween está ai, ao invés de escrever a história do halloween, resolvi escrever uma história com um ar um pouco assustador, só para registrar a data, mas prometo que não dá medo! Me deixem nos comentários a opinião de vocês, eu adoraria saber!

“Mia vivia com seu pai e sua avó em uma casa no alto das montanhas, completamente isolados. Um tempo depois sua querida avó faleceu. Quando a senhora estava de cama, dando os últimos suspiros, ela chamou Mia e entregou a ela uma boneca. A boneca já castigada pelos anos, estava com falhas no cabelo e com as pequenas roupas sujas. O brinquedo, um antigo presente, estava entre os pertences da senhora há muitos anos. Antes do último suspiro, a avó disse “Mantenha Agatha ao seu lado, assim também sempre estarei”.

Mia guardou com carinho a boneca, colocando-a toda a noite sentada na cadeira ao lado da sua cama. Durante o dia, estava sempre carregando a boneca.
Os dias se passaram e logo se fez um ano que avó tinha falecido. Mia estava dormindo quando acordou com o tic tac do relógio dando meia noite. Com um suspiro virou-se na cama, com os olhos semi abertos viu que Agatha não estava na cadeira, provavelmente tinha esquecido de trazê-la de volta quando saiu para brincar no dia anterior, fechou os olhos novamente.

Estava passando pelo sono quando ouviu ruídos nas escadas, como a casa era antiga, não fez conta, virou-se na cama outra vez, alguns segundos depois ouviu uma porta sendo aberta, o som parecia vir do andar térreo. Não havia ninguém na casa além dela e do pai. Mia sentiu o coração acelerar, mas logo se acalmou quando lembrou que o pai sempre descia no meio da noite para tomar água. Cobriu a cabeça com o lençol, no exato momento que fazia isso, ouviu o pai tossindo no quarto ao lado.

Mia sentiu o corpo gelar e sentou-se na cama com um pulo. Segurando a respiração, prestou atenção ao sons da casa. Não ouviu nada. Mia era bastante corajosa para uma garota de 11 anos. Saiu do quarto tremendo. Não ouviu nada no corredor. Abriu a porta do quarto do pai, ele dormia profundamente. Mia começou a descer as escadas, não ouviu nada. Parou em frente a porta do quarto da avó. Encostou o ouvido na porta, foi então que ela ouviu uma voz cantarolando “Agatha acorda uma vez por ano, Agatha desce as escadas, Agatha entra no quarto, Agatha senta na cama”. Mia perdeu os sentidos.”

E aí, prontas(os) para o Halloween? Bora contas histórias de terror?