Resenha: Olhos Prateados por Scott Cawthon

Hoje venho compartilhar com vocês minhas impressões sobre o livro Olhos Prateados de Scott Cawthon. O livro surgiu de origem do popular jogo de videogame “Five Nights at Freddy’s”, onde o jogador assume o papel se segurança em uma pizzaria. Porém, o local é recheado de animais animatrônicos e a noite eles ganham vida. Assim, surgiu o livro Olhos Prateados, onde os assassinatos ocorridos na pizzaria há muitos anos e o mistério dos animais animatrônicos serão resolvidos.

Vamos a sinopse:

“Charlie é a filha do dono da pizzaria Freddy Fazbear’s, o antigo ponto de encontro da cidade, onde ela e seus amigos passaram a infância. O lugar ficou famoso pelos enormes bonecos que pareciam ter vida própria e divertiam os clientes. Até que a brincadeira se tornou um pesadelo, quando o estabelecimento virou palco de terríveis assassinatos. Uma das vítimas foi Michael, amigo de Charlie, e o corpo do menino jamais foi encontrado. Depois da tragédia a pizzaria fechou as portas e Charlie viu sua família desmoronar.

Dez anos mais tarde o grupo de amigos de Charlie volta a cidade para uma homenagem à Michael. O tempo passou, mas eles continuam assombrados pelo que aconteceu.  Os adolescentes voltam a pizzaria totalmente abandonada com a intenção de resolver o mistério, mas logo eles descobrem que as coisas por lá, não são mais as mesmas.”

Minhas Impressões

Gênero:

O livro é categorizado como terror, assim como o jogo (já joguei e realmente é assustador), porém a história do livro não tem nada de assustadora. Se trata de um bando de adolescentes que invadem a pizzaria fechada há muitos anos e ocorre um pouco de suspense, mas definitivamente, não tem nada de terror no livro.

Capa:

Achei a capa um pouco perturbadora, não gostava de deixar o livro a vista quando não estava lendo haha.

Personagens:

Não senti nenhuma ligação com os personagens, a principal Charlie é bem chata. Achei que conheceríamos mais sobre a personalidade dela durante a leitura, mas não. Ela é o tipo de pessoa (na vida real) que guarda tudo para si, consequentemente não conseguimos saber muito qual é a dela no livro. Os demais personagens não foram explorados e por ser muitos, eu sempre esquecia quem era quem.

Conclusão:

Achei o livro Olhos Prateados bastante entediante de se ler. Costumo gostar de ler suspense, mistério e terror por me prender a atenção, esse não foi o caso. O livro é bastante descritivo, o que acaba não explorando muito a história em si e fica chato de ler. Usando a linguagem popular, parece que o autor “encheu de linguiça”. Dava para ter resolvido o mistério em 50 páginas.

Sobre os assassinatos, sim, eles chegam á uma conclusão do que aconteceu anos atrás, mas sinto que não ficou tão esclarecido, quando terminei de ler o livro, parece que ficou incompleto. Tudo bem que faz parte de uma trilogia e ainda não sabemos se vai continuar com o mesmo grupo de pessoas, mas mesmo assim, depois de tanta enrolação, o mínimo que devia ter acontecido era ter um final digno.

Não quero jogar um balde de água fria e se você tem interesse em ler os livros, vá em frente. Como estou acostumada a fazer leituras desse gênero, eu apenas esperava mais, o que não aconteceu.

E aí, vocês já tinham ouvido falar do livro Olhos Prateados? Conhecem os jogos? Deixem nos comentários!

3 Filmes para assistir na noite de Halloween

Quem mais ama filme de terror? Vamos aproveitar que o Halloween está aí e pelo menos comemorar fazendo uma sessão de filmes do gênero? E que tal aproveitar as dicas de doces desse post, e unir o útil ao agradável e ter o final de semana perfeito, juntando com a noite de Halloween.

Não se preocupe que não tem apenas terror, terror aqui na lista. Também tem filmes de suspense, que dão bons sustos, mas nos deixa dormir a noite. Vamos conferir?

1 – Scream

3 filmes para assistir na noite de halloween

Eu amo essa série de filmes. É do gênero suspense e o primeiro filme foi produzido em 1996. No filme, seguimos a história de Sidney Prescott, uma estudante do ensino médio que se torna alvo de um assassino misterioso. Além de Sidney, a história é centrada nos seus melhores amigos e namorado. Detalhe que Scream foi inspirado no filme de Halloween de 1978. E também temos a série de TV, que foi inspirada no filme.

3 filmes para assistir na noite de halloween

Invocação do Mal

3 filmes para assistir na noite de halloween

Um dos meus filmes favoritos de terror. Mas esse é bem tenso mesmo, de preferência, assista durante o dia, na companhia de alguém. Invocação do Mal foi um dos maiores sucessos de 2013. Nele, acompanhamos um casal de investigadores de paranormalidade. Os dois são especialistas no assunto de assombração, fantasmas e espíritos malignos.
No filme, o grande desafio deles é enfrentar um mal que habita numa casa no campo. Na casa vivem o pai, a mãe e cinco filhas. A família vem sofrendo com barulhos estranhos e situações sinistras.

Lembrando que esse ano também saiu Invocação do Mal 2, que por sinal, é muito bom.

3 filmes para assistir na noite de halloween

O Iluminado

3 filmes para assistir na noite de halloween

Eu adoro os livros do Stephen King e também os filmes inspirados nos livros. O Iluminado é um clássico que deve ser visto. Não é assustador como Invocação do Mal, mas rende uns bons sustos. Na história, acompanhamos um casal e seu filho pequeno que ficam num hotel, no Colorado, durante o inverno. A tarefa deles é cuidar do hotel durante a baixa temporada. Sendo assim, eles ficam completamente isolados, considerando que não estão recebendo hóspedes. O isolamento, acaba deixando o pai, Jack Torrance cada vez mais agressivo e o filho do casal, passa a ter visões. A cena como a das gêmeas no corredor ficou bem marcada.

3 filmes para assistir na noite de halloween

Essas são minhas três dicas de filmes, mas tem muitos outros. Como eu curto muito o gênero, assisto bastante filmes. Temos ainda os clássicos A Hora do Pesadelo, Jason, Halloween, O Grito, O Chamado e por aí vai, todos filmes que são ótimos para serem vistos durante o Halloween, se você quer entrar no clima.

História de Halloween: A Boneca

3bf70da8_1

Eu já comentei várias vezes que gosto muito de escrever né? Como o Halloween está ai, ao invés de escrever a história do halloween, resolvi escrever uma história com um ar um pouco assustador, só para registrar a data, mas prometo que não dá medo! Me deixem nos comentários a opinião de vocês, eu adoraria saber!

“Mia vivia com seu pai e sua avó em uma casa no alto das montanhas, completamente isolados. Um tempo depois sua querida avó faleceu. Quando a senhora estava de cama, dando os últimos suspiros, ela chamou Mia e entregou a ela uma boneca. A boneca já castigada pelos anos, estava com falhas no cabelo e com as pequenas roupas sujas. O brinquedo, um antigo presente, estava entre os pertences da senhora há muitos anos. Antes do último suspiro, a avó disse “Mantenha Agatha ao seu lado, assim também sempre estarei”.

Mia guardou com carinho a boneca, colocando-a toda a noite sentada na cadeira ao lado da sua cama. Durante o dia, estava sempre carregando a boneca.
Os dias se passaram e logo se fez um ano que avó tinha falecido. Mia estava dormindo quando acordou com o tic tac do relógio dando meia noite. Com um suspiro virou-se na cama, com os olhos semi abertos viu que Agatha não estava na cadeira, provavelmente tinha esquecido de trazê-la de volta quando saiu para brincar no dia anterior, fechou os olhos novamente.

Estava passando pelo sono quando ouviu ruídos nas escadas, como a casa era antiga, não fez conta, virou-se na cama outra vez, alguns segundos depois ouviu uma porta sendo aberta, o som parecia vir do andar térreo. Não havia ninguém na casa além dela e do pai. Mia sentiu o coração acelerar, mas logo se acalmou quando lembrou que o pai sempre descia no meio da noite para tomar água. Cobriu a cabeça com o lençol, no exato momento que fazia isso, ouviu o pai tossindo no quarto ao lado.

Mia sentiu o corpo gelar e sentou-se na cama com um pulo. Segurando a respiração, prestou atenção ao sons da casa. Não ouviu nada. Mia era bastante corajosa para uma garota de 11 anos. Saiu do quarto tremendo. Não ouviu nada no corredor. Abriu a porta do quarto do pai, ele dormia profundamente. Mia começou a descer as escadas, não ouviu nada. Parou em frente a porta do quarto da avó. Encostou o ouvido na porta, foi então que ela ouviu uma voz cantarolando “Agatha acorda uma vez por ano, Agatha desce as escadas, Agatha entra no quarto, Agatha senta na cama”. Mia perdeu os sentidos.”

E aí, prontas(os) para o Halloween? Bora contas histórias de terror?