Lugares legais para conhecer em Curitiba

Semana passada visitei Curitiba, eu já tinha turistado pela cidade alguns anos atrás, mas honestamente não lembrava com detalhes de todos os locais e alguns eu ainda não conhecia. Elaborei um roteiro bem bacana para aproveitar bem o tempo e não deixar de visitar nenhum local. Sendo assim, hoje compartilho com vocês alguns lugares legais para conhecer em Curitiba.

A chegada

Fui de avião até Curitiba, não levou nem 1 hora de São Paulo até lá. Em seguida, peguei um uber até o hotel. No aeroporto tem outras opções legais e mais em conta, como o Ônibus Executivo do Aeroporto, que custa em torno de R$15,00 ou você também pode pegar um ônibus normal de linha, que custa em torno de R$5,00.

O Hotel

Reservei o hotel Trevi, que fica bem no centro, numa rua paralela à Biblioteca Pública.

Passeios

Em Curitiba, há uma forma bem legal de visitar os pontos turísticos, através de um ônibus específico para isso, o chamado Linha Turismo. O ônibus custa R$45,00 e você recebe 5 tickets, um deles você já gasta para subir no ônibus. E você fica com 4 tickets, tendo a possibilidade de visitar mais 4 pontos turísticos. O ponto de partida do ônibus é a Praça Tiradentes, que ficava a duas quadras do hotel, mas você pode subir em qualquer um dos pontos que ele para.

Eu escolhi os pontos mais distantes da onde eu estava hospedada. Fui no Jardim Botânico, Bosque do Alemão, Parque Tanguá e Memorial Ucraniano. Esse roteiro, eu fiz com o ônibus e outro dia, a pé mesmo, visitei o Museu Oscar Niemeyer e o Bosque do Papa, que fica do lado do museu. Ambos lugares ficavam à uma distância de 40 minutos do hotel, ou seja, do centro da cidade.

Jardim Botânico

Fica numa área bem grande, você tem que reservar um tempo bom, pois vai ter que caminhar muito. Além de grande é um lugar lindo e muito fotogênico.

Bosque do Alemão

Eu ainda não conhecia e amei. Eu adoro essa pegada de floresta e trilha. E no bosque temos uma trilha onde conforme você vai caminhando, há painéis contando a história de João e Maria. Além de ter a casa da Bruxa, que é uma biblioteca. O local faz bastante sucesso entre as crianças. Eu gostei pois tem bastante verde e é uma mata bem fechada, você se sente literalmente no meio da floresta.

Eu ainda não conhecia e amei. Eu adoro essa pegada de floresta e trilha. E no bosque temos uma trilha onde conforme você vai caminhando, há painéis contando a história de João e Maria. Além de ter a casa da Bruxa, que é uma biblioteca. O local faz bastante sucesso entre as crianças. Eu gostei pois tem bastante verde e é uma mata bem fechada, você se sente literalmente no meio da floresta.

Parque Tanguá

Não é um local tão impressionante, não tem muito o que fazer. Em 30 minutos dá para ver tudo. A vista é bem bacana.

Memorial Ucraniano

Fica dentro do Parque Tingui. No local encontramos uma réplica da antiga capela de São Miguel, da Serra do Tigre. É um local bonito e agradável. Dá para tirar fotos muito lindas.

Museu Oscar Niemeyer

Confesso que não sou fã de museus, mas quis visitar novamente (já tinha ido na outra viagem), só pela estrutura que é incrível. A entrada do museu é R$16,00. Achei um preço justo, pois o museu é bem grandinho. Encontramos artes bem modernas e diferentonas eu diria. Tipo um sofá feito de papel de papelão.

Bosque do Papa

Fica praticamente ao lado do museu e eu curti muito. Tem uma trilha, que me bateu até um medo, pois ela é bem fechada e não tem placas, mas nem é tão grande e logo você acaba chegando no memorial de imigração polonesa, que consiste em sete casas feitas de tronco, que são lindíssimas. A casa principal foi construída em 1883, muito massa.

Esses foram todos os locais que eu visitei. Além disso, conheci o centro, indo na Rua 24 horas e na Rua das Flores. Como eu não ligo tanto para gastronomia, não posso indicar nenhum lugar legal para ir, mas sei que tem cafés lindos e fofos por lá, inclusive, cafés veganos, que eu queria muito conhecer, mas não tive a oportunidade.

Enfim, gostei muito da viagem. Como planejei tudo com antecedência, deu tudo certo e consegui ir em todos os lugares legais que eu queria visitar.

E aí, gostaram das dicas de lugares legais para conhecer em Curitiba? Já conhecem a cidade? Deixem nos comentários!

O que rolou de passeios em Fevereiro?

Todo final de semana eu procuro sair conhecer lugares novos e treinar minhas habilidades como fotógrafa amadora, combinando assim duas coisas que gosto muito, viajar/passear e fotografar! Porém, em fevereiro só deu para sair dois finais de semana, minha vida anda bem corrida entre trabalho, blog, cursos e planejamentos! Mas mesmo assim, vim compartilhar com vocês o que rolou de passeios em fevereiro, espero que gostem.

Lago de Araçoiaba

Como algumas pessoas sabem, moro em Sorocaba, interior de São Paulo e meu pai tem uma chácara em Araçoiaba, interior de Sorocaba! Aliás na chácara temos uma horta linda que quero compartilhar qualquer dia com vocês. Mas voltando ao assunto, a cidade de Araçoiaba que é mais rural tem uma lago lindo, bem grande, no centro da cidade, e em volta do lago tem uma pista de caminhada que é muito agradável. Em todos esses anos que temos chácara por lá, essa foi a primeira vez que fui no lago, e não escolhi um dia muito bom hahaha. Fomos a pé, porque é perto, porém começou a chover no meio do caminho e para ajudar eu estava com meu sobrinho de 3 anos que desistiu de querer andar 10 minutos depois que saímos. Imagine carregando equipamento de fotografia e mais uma criança de 15 kilos, foi bem cansativo. Mas, mesmo assim deu para aproveitar o lugar e tirar fotos legais. Adoro esse clima mais nublado e com chuva. Pretendo voltar lá num dia mais ensolarado para poder curtir o lago mesmo.

Parque Água Vermelha em Sorocaba

Já disse antes que Sorocaba tem vários parques legais para conhecer, esse em particular eu nunca tinha ouvido falar até recentemente. Logo coloquei na minha lista de lugares para conhecer. O Parque de Água Vermelha também tem um lago como atração principal e é ótimo para fazer caminhadas e piquenique, além de ter um parque para crianças bem bacana, meu sobrinho adorou. Minha única reclamação é que ele é bem pequeno, se eu tivesse ido apenas com o propósito de caminhar teria ficado entediada logo. Mas valeu a pena conhecer, uma vez que minha meta é conhecer todos os parques e atrações turísticas da minha cidade.

E foi isso, para Março já tenho alguns lugares planejados para conhecer em Sorocaba e região, espero que dê certo! É interessante separar um tempo para relaxar e fazer o que gosta, que é fotografar no meu caso, pois nossas habilidades só melhoram com a prática não é mesmo?

E aí, o que acharar sobre o que rolou de passeios em Fevereiro? O que vocês fizeram de bom com o segundo mês do ano de vocês? Deixem nos comentários!