Resenha: Em Águas Sombrias por Paula Hawkins

Em Águas Sombrias é uma história envolvente e misteriosa que nos prende do começo ao fim. Paula Hawkins, mesma autora de A Garota no Trem, mais uma vez conseguiu nos deixar sem folego ao trazer uma obra repleta de segredos e drama familiar.

Sinopse:

“Uma mãe solteira aparece morta no rio que atravessa a cidade. Pouco tempo antes, uma adolescente vulnerável teve o mesmo destino. Embora não sejam as primeiras mulheres perdidas para essas águas escuras, suas mortes causam uma perturbação no rio e em sua história, dragando dele segredos há muito submersos.”

Em Águas Sombrias acompanhamos Jules que volta para a pequena cidade Beckford após a morte da irmã, para cuidar da sobrinha adolescente e do enterro. Jules não fala com a irmã a muitos anos e achou que nunca mais voltaria ao lugar onde tem lembranças dolorosas de sua infância e adolescência.

Lena, filha de Nel, uma adolescente revoltada que se sente abandonada pela mãe, insiste que Nel jamais se mataria. A garota ainda acusa Jules por não atender aos telefonemas de Nel ao longo dos anos e se afastar completamente da irmã. Nel morreu no rio que atravessa a cidade, e o mais assustador é que Nel não foi a primeira mulher a morrer no local, apelidado de Poço dos Afogamentos, todos acreditam que Nel se suicidou, mas o que realmente está por trás da morte dela?

Cada capítulo é narrado por um personagem, sempre indo e voltando, mostrando diferentes perspectivas. Na minha opinião, dessa forma ficou bastante confuso e a história um pouco cansativa. Mas mesmo assim, consegue ser cativante e prender o leitor do começo ao fim.

Em relação aos personagens, não consegui criar nenhum vínculo com eles, todos pareciam ser muito problemáticos e simplesmente…chatos. Durante a leitura, começamos a suspeitar se Nel, irmã de Jules realmente se suicidou, uma vez que o comportamento de praticamente todos os personagens são suspeitos. A sede de querer descobrir logo o que realmente aconteceu, é o que faz a leitura tão interessante.

E aí, vocês já tinham ouvido falar de Em Águas Sombrias? Deixem nos comentários!