5 Dicas para montar seu checklist de viagem

Que atire a primeira pedra quem já foi viajar e levou mais do que deveria e acabou esquecendo coisas importantes. Já aconteceu comigo, por isso hoje em dia sempre procuro fazer uma lista de tudo que preciso levar, ou seja, um checklist de viagem. É útil para não esquecer itens importantes e para não colocar na mala coisas que você nem chega a usar.

Sendo assim, hoje vou compartilhar com vocês, dicas que aprendi ao longo do tempo. Para quem ama viajar assim como eu, seja uma viagem de carro, ou uma viagem mais longa de avião, é muito útil ter um checklist de viagem pronto antes de colocar qualquer coisa dentro da mala.

1 – Como você vai fazer seu checklist

Hoje em dia, há inúmeras formas de fazer o seu checklist. Temos aplicativos para celular, planilha no excel ou o bom e velhor papel. Costumo usar tanto uma planilha, quanto um papel.

2 – Checklist Pré Viagem

Como qualquer planejamento de viagem, é bom montar um checklist pré viagem. Nesse checklist você vai marcar coisas importantes como, verificar se o passaporte não venceu, se os seus documentos estão em dia. Se precisa tomar alguma vacina, caso vá viajar para outro país ou até mesmo outro estado, e assim por diante.

3 – Checklist para a mala

Depois de todo o planejamento e você estando pronta para viajar, é hora de começar a fazer o checklist do que você vai levar na viagem. Quantas malas vai levar, se vai levar mala de mão, mochila, etc.

4 – Categorize seu checklist

É muito útil criar categorias como: Roupas, Eletrônicos, Higiene. Fica mais fácil na hora de colocar os itens na mala.

5 – Defina os itens de cada categoria

Uma vez definido as categorias, é hora de listar os itens de cada uma. Como por exemplo:
Eletrônicos:
Itens: Cabo do notebook, Cabo do Celular

Olha um exemplo bem simples:

E aí, quem está pronto para montar o checklist de viagem? Tem alguma outra dica? Deixe nos comentários!

Suco de Abacaxi, Gengibre e Hortelã

O Suco de Abacaxi com Gengibre e Hortelã, além de ser refrescante e saudável, traz vários benefícios para o nosso corpo. E nada melhor do que termos uma alimentação balanceada no nosso dia a dia.

Dentre os variados benefícios do suco, sabemos que ajuda na digestão e o gengibre é um excelente anti-inflamatório, considerado um bom remédio natural.

Se você, assim como eu ama tomar suco e gosta dos sucos refrescantes e um pouco cítrico, com certeza vai curtir essa receita.

Ingredientes:

  • 1 copo de água gelada
  • 3 fatias de abacaxi
  • 1 rodela fina de gengibre
  • Hortelã a gosto

Modo de preparo:

Bata tudo no liquidificador e pronto!

E aí, suco de abacaxi com gengibre mais fácil que esse, impossível hein! Além de ser benéfico para a nossa saúde. Já tinham experimentado? Deixem nos comentários!

Decoração do banheiro: Detalhes que fazem a diferença

Hoje vamos falar da decoração do banheiro, todo mundo gosta de decorar cada cantinho da casa, mas as vezes esse ambiente acaba ficando de lado. Com pequenos mudanças, podemos acrescentar detalhes que fazem toda a diferença, e conseguimos dar outra cara para o nosso banheiro.

Plantas:

Usar plantas de decoração virou febre já faz algum tempo, e eu não reclamo. Amo colocar um toque verde na casa, no quarto, na cozinha e…inclusive no banheiro! Além de ser decorativa e trazer boas vibrações (dependendo da planta), traz um cheiro agradável ao local.

Quadros:

Engane-se quem pensa que quadros não são bem vindos no banheiro. Pode usar sim, fica lindo e saímos da normalidade, criando um ambiente criativo e diferenciado. Normalmente a primeira coisa que fazemos ao acordar é dar uma passada no banheiro. Nada mais motivador do que ver mensagens boas ou imagens alegres e criativas logo pela manhã, por isso, invista em quadros que vão trazer um sorriso nos seus lábios.

E aí, o que achou dessas ideias para decoração do banheiro? O que acha das ideias compartilhadas aqui? Deixe nos comentários!

Testando Esfoliação Caseira com Café e Ovo

Não torça o nariz! haha. Embora a combinação pareça suspeita, mas resultado final é muito bom. Se tem uma coisa que tenho dó de gastar dinheiro é em produto para esfoliar o rosto. Numa tentativa de evitar gastos, saí em busca de algumas receitas, li em vários lugares falando que café e ovo deixavam a pele maravilhosa. Resolvi testar  a esfoliação caseira com café e hoje vim contar o resultado para vocês.

Receita da esfoliação caseira com café:

Muitos lugares falavam para usar a borra do café com a clara do ovo. Como não tenho muita paciência, alterei um pouco a receita. Com o café normal misturei com a gema do ovo. Deu uma textura cremosa, misturada com os pequenos grãos de café.

Como Passar:

Passei a mistura no rosto delicadamente, isso vale para todos os esfoliantes, uma vez que nossa pele é sensível e precisamos ter cuidado. Massageei o rosto com a mistura focando bastante na área do nariz.

Resultado:

Logo em seguida, enxaguei com bastante água. Consegui sentir a pele bem macia, senti que limpou bastante as impurezas. Não ficou irritada a pele e nem vermelha.

Máscara Rejuvenescedora:

Com a clara do ovo, passei no rosto com uma máscara. Você vai sentir que vai secar no rosto e repuxar, como uma máscara normal. Deixei no rosto por volta de 15 minutos e enxaguei. Saiu bem fácil, é como se a derretesse no rosto com a água. O rosto continuou macio e ficou extremamente hidratado.

Conclusão:

Como o rosto é sensível, o indicado é fazer a esfoliação uma vez por semana, assim como a máscara. É dito que a ação do café no rosto, tem efeito clareador e a máscara do ovo, tem efeito rejuvenescedor. Porém, deve fazer uso contínuo para conseguir ver os resultados. Caso você queira fazer uma esfoliação e limpar o rosto ocasionalmente apenas, vale muito a pena, uma vez que são ingredientes que temos em casa, fora que é fácil e rápido de fazer.

E aí, já tinham ouvido falar ou já fizeram a esfoliação caseira com café? Deixem nos comentários!

Um dia em Punta Del Este no Uruguai

Nos dias que passei em Montevidéu no Uruguai, aproveitei e tirei um dia para conhecer Punta Del Este, uma cidade de praia que fica a duas horas de Montevidéu.

Peguei um excursão em Montevidéu no valor em torno de R$150 reais e valeu muito a pena. A guia falava português e deu para interagir com vários estrangeiros no ônibus. Fiz amizade com uma Venezuelana e foi bem legal!

A cidade de Punta Del Este é um balneário, a cidade é linda, com verdadeiras mansões e prédios muito bonitos. O custo de vida lá é bem caro. Mas para nós, meros mortais é possível encontrar hotéis razoavelmente baratos, também tem hostel e até acampamento para quem quer se aventurar mais.

Minha viagem foi de ida e volta no mesmo. Em Puntal Del Este deu para conhecer o Porto, a Casa Pueblo e ainda pudemos fazer um City Tour pelos bairros.

Se você tem interesse em viajar para Montevidéu, sugiro que separe um dia para conhecer Punta Del Este. Sinceramente esse passeio foi o melhor da minha viagem!

E assim termina os posts relacionados a minha viagem, espero que tenham gostado! E aí, já tinha ouvido falar de Punta Del Este? Deixe nos comentários!

Receita: Broa de fubá fácil e rápido

Testar receitas novas é comigo mesmo, principalmente se for doce e fácil. Umas semanas atrás a Bruna Vieira (Depois dos Quinze) compartilhou no instagram dela essa receita de Broa de fubá e resolvi tentar fazer.

Gente é muito fácil e rápido de fazer, com ingredientes que normalmente temos em casa. A receita que fiz, rendeu 12 broas, sozinha comi 5 (depois fiquei me lamentando). Veja os ingredientes e passo a passo abaixo.

Ingredientes:

  • 3 ovos inteiros
  • 1 xícara de óleo
  • 1 xícara de açúcar
  • 2 xícaras de fubá
  • 1 xícara de leite
  • 1 xícara de farinha de trigo
  • 1/2 colher de sopa de fermento
  • 1 pitada de sal

Como fazer:

Bati tudo no liquidificador e com o fogo pré-aquecido. No máximo 10 minutos depois as broas estão prontas!

E aí, já tinham feito essa receita de broa de fubá antes? Bora tentar fazer? Deixem nos comentários!

Decoração: Caixotes de Feira

Quem já não viu várias inspirações de decoração com caixotes de feira no Pinterest? Pois é, quando vamos decorar um ambiente, não precisamos gastar muito dinheiro, com criatividade, podemos deixar a sala, quarto, home office e cozinha lindos e gastando pouco.

Se você já passou por alguma feira na sua vida, deve ter notado esses caixotes de feira, que normalmente são utilizados para transportar alimentos, como fritas por exemplo. Já viu uma mini caixotes com cachos de uva por exemplo?

Se os caixotes estiverem em um bom estado de conservação, podemos reutilizá-los na decoração, podendo deixá-los na madeira crua ou fazer um trabalho extra e lixar e pintar a madeira. Depois é só usar a criatividade e usá-los como quiser na decoração, veja as inspirações abaixo:

Cozinha

Sala e Quarto

Home Office

E aí, o que acharam de decorar com caixotes de feira? Vale a pena fazer um DIY? Deixem nos comentários!

Resenha: Olhos Prateados por Scott Cawthon

Hoje venho compartilhar com vocês minhas impressões sobre o livro Olhos Prateados de Scott Cawthon. O livro surgiu de origem do popular jogo de videogame “Five Nights at Freddy’s”, onde o jogador assume o papel se segurança em uma pizzaria. Porém, o local é recheado de animais animatrônicos e a noite eles ganham vida. Assim, surgiu o livro Olhos Prateados, onde os assassinatos ocorridos na pizzaria há muitos anos e o mistério dos animais animatrônicos serão resolvidos.

Vamos a sinopse:

“Charlie é a filha do dono da pizzaria Freddy Fazbear’s, o antigo ponto de encontro da cidade, onde ela e seus amigos passaram a infância. O lugar ficou famoso pelos enormes bonecos que pareciam ter vida própria e divertiam os clientes. Até que a brincadeira se tornou um pesadelo, quando o estabelecimento virou palco de terríveis assassinatos. Uma das vítimas foi Michael, amigo de Charlie, e o corpo do menino jamais foi encontrado. Depois da tragédia a pizzaria fechou as portas e Charlie viu sua família desmoronar.

Dez anos mais tarde o grupo de amigos de Charlie volta a cidade para uma homenagem à Michael. O tempo passou, mas eles continuam assombrados pelo que aconteceu.  Os adolescentes voltam a pizzaria totalmente abandonada com a intenção de resolver o mistério, mas logo eles descobrem que as coisas por lá, não são mais as mesmas.”

Minhas Impressões

Gênero:

O livro é categorizado como terror, assim como o jogo (já joguei e realmente é assustador), porém a história do livro não tem nada de assustadora. Se trata de um bando de adolescentes que invadem a pizzaria fechada há muitos anos e ocorre um pouco de suspense, mas definitivamente, não tem nada de terror no livro.

Capa:

Achei a capa um pouco perturbadora, não gostava de deixar o livro a vista quando não estava lendo haha.

Personagens:

Não senti nenhuma ligação com os personagens, a principal Charlie é bem chata. Achei que conheceríamos mais sobre a personalidade dela durante a leitura, mas não. Ela é o tipo de pessoa (na vida real) que guarda tudo para si, consequentemente não conseguimos saber muito qual é a dela no livro. Os demais personagens não foram explorados e por ser muitos, eu sempre esquecia quem era quem.

Conclusão:

Achei o livro Olhos Prateados bastante entediante de se ler. Costumo gostar de ler suspense, mistério e terror por me prender a atenção, esse não foi o caso. O livro é bastante descritivo, o que acaba não explorando muito a história em si e fica chato de ler. Usando a linguagem popular, parece que o autor “encheu de linguiça”. Dava para ter resolvido o mistério em 50 páginas.

Sobre os assassinatos, sim, eles chegam á uma conclusão do que aconteceu anos atrás, mas sinto que não ficou tão esclarecido, quando terminei de ler o livro, parece que ficou incompleto. Tudo bem que faz parte de uma trilogia e ainda não sabemos se vai continuar com o mesmo grupo de pessoas, mas mesmo assim, depois de tanta enrolação, o mínimo que devia ter acontecido era ter um final digno.

Não quero jogar um balde de água fria e se você tem interesse em ler os livros, vá em frente. Como estou acostumada a fazer leituras desse gênero, eu apenas esperava mais, o que não aconteceu.

E aí, vocês já tinham ouvido falar do livro Olhos Prateados? Conhecem os jogos? Deixem nos comentários!

Montevidéu: Passeios que valem a pena conhecer #3

Hoje vou compartilhar os passeios que mais gostei de fazer em Montevidéu. No último post sobre a cidade comentei sobre o Centro da cidade e alguns lugares para conhecer, também comentei porque não gostei muito.

Montevidéu é uma cidade pequena, mas mesmo assim para fazer um passeio que se localiza longe do centro é preciso caminhar muito, mas muito mesmo ou utilizar o ônibus, uma vez que a cidade não possui metrô.

Eu cheguei a caminhar mais de 5km, a ponto de não conseguir mexer a minha perna no fim do dia. O que eu fiz um dia para ir num passeio mais distante, foi ir de Uber até o local e depois voltar a pé, foi bem cansativo, mas valeu a pena. Abaixo, descrevo os locais que mais gostei de conhecer em Montevidéu:

Palácio Legislativo

É uma das construções mais lindas da cidade. Levou em torno de 17 anos para ser construído e hoje é possível fazer visitas guiadas e em português. Não tive a oportunidade de conhecer por dentro, mas dizem que é lindíssimo, com uma linda e rica arquitetura.

Parque do Prado

É um parque bem bacana, não é muito turístico, seria mais um parque para as pessoas locais irem se descontrair. Achei bonito, mas não me entenda mal, temos vários parque parecidos aqui na minha cidade. Mas mesmo assim, valeu a pena conhecer. O Parque do Prado é uma área bem grande que abriga o Jardim Botânico e o Rosedal. Só conheci a parte do Rosedal, que foi um pouco decepcionante, pois, como estamos no inverno, tinha praticamente 0 flores no parque. Mas dizem que na primavera fica lindíssimo.

Ramblas – Letreiro e Porto

Esse com certeza foi meu local favorito de se conhecer. As ramblas são locais para se caminhar a beira do Rio de la Plata, são separadas por nome de acordo com o bairro, não lembro de todas. As de Punta Carretas e Pocitos foram as que mais gostei. Na rambla de Pocitos fica o letreiro de Montevidéu, lugar bem bacana para tirar foto e também o porto, que eu adorei conhecer. Acho bem legal, além de ser super fotogênico.

Para concluir, esses foram os locais que mais gostei de conhecer. Falando um pouco sobre a comida local e mercado. Achei tudo muito caro, uma Ceaser Salad que comi um dia, ficou em R$50 reais e no supermercado era tudo bem caro também, uma garrafa de gatorade por exemplo, custava quase 8 reais. Uma caixa de bombom da Nestlé, custava mais de R$15 reais. Dizem que a carne é muito famosa por lá, mas como não como carne, não experimentei nenhum prato para ver se era bom mesmo. Quando eu viajo, não costumo ligar muito para a gastronomia local, pois sou o tipo de pessoa que come o básico e não gosto de me aventurar em pratos diferentes, fora que prefiro economizar nisso e aproveitar outros passeios, e investir em comidas do mercado mesmo.

E aí, se interessou por algum desses passeios em Montevidéu? Deixem nos comentários!

 

 

Receita: Panquecas Americanas fácil e rápido

Normalmente costumo comer as famosas panquecas fit (com banana e ovo), mas já fazia um tempo que eu estava com muita vontade de comer panquecas americanas (aquelas mais gordinhas e deliciosas haha). Quando eu fui para NY, costumava comer todo dia no café e era muito gostoso.

Saí em busca de alguma receita que se assemelhasse aos que eles fazem e achei uma receita que além de ser fácil e rápida, ficam deliciosas. Hoje venho então compartilhar a minha experiência com uma receita de panquecas americanas. Espero que façam e gostem tanto quanto eu!

Ingredientes:

  • 1/2 xícara de leite
  • 1 ovo
  • 1 xícara de farinha de trigo
  • 2 colheres de chá de fermento
  • 1 colher de chá de óleo
  • 1 colher de chá de extrato de baunilha
  • 1/2 colher de chá de sal

Como fazer:

Coloque o leite e o ovo numa vasilha e mexa. Acrescente a farinha aos poucos até fica homogêneo e em seguida coloque os demais ingredientes. Use uma frigideira antiaderente. Eu também coloquei um pouco de manteiga para não correr risco de grudar (tenho más experiências com isso). Quando a massa começar a formar bolinhas, é hora de virar a panqueca. E pronto!

E aí, bateu a vontade de comer panquecas americanas também? Experimentem fazer e compartilhem com a gente!