Decoração: Letreiro Neon na sua casa

Algo que eu tenho visto muito no Pinterest e vídeos gringos no youtube é o letreiro neon. Normalmente estamos acostumados a ver em restaurantes, lanchonetes e bares de cidades badaladas como Nova York e Las Vegas. Mas hoje em dia, ter um letreio neon em casa, pode ser uma realidade.

Como decorar:

Existem vários modelos, desde palavras, frases e até desenhos. Na decoração, o ideal é colocar o letreiro perto de uma tomada, uma vez que vai precisar ser ligado e não queremos fio aparecendo né?

Podemos fazer uma composição linda combinando com quadros na parede. Caso seja um neon em desenho como abacaxi ou cactos, fica bem legal numa decoração mais clean, com o neon em destaque.

É possível colocar no quarto, sala e cozinha. Dependendo da decoração da sua casa, fica bem legal fazer estilo lanchonete!

Onde comprar:

Infelizmente, dando uma pesquisa pela internet, ainda é bem caro aqui no Brasil. Existem sites que fazem personalizado, mas é preciso vender um rim para comprar. Existem outras possibilidades onde você pode adquirir o letreiro.

Sites como Etsy e Ebay vendem por um preço bem bacana, no caso você teria que importar. Caso você vá viajar para o exterior, aproveite a oportunidade e traga um! Tem modelos pequenos e bem divertidos.

O que vocês acham de letreiro neon na decoração? Não deixem de comentar a opinião de vocês nos comentários!

Resenha: Real, Louco, Mortal por Hannah Jayne

Há alguns meses comprei o livro Real, Louco, Mortal da autora Hannah Jayne, na Saraiva. Uma obra envolvente e empolgante do começo ao fim, envolvendo drama adolescente e mistério.

A história é ambientada na escola e foca na personagem de Sawyer Dodd, que sofreu uma perda, quando seu namorado Kevin, morre num acidente de carro. É um bom livro para lermos numa tarde chuvosa comendo brigadeiro.

Se você gosta de livros numa pegada mais adolescente, que envolve mistério e um pouco de drama, vai curtir essa obra.

Sinopse:

Sawyer Dodd sempre desperta inveja por onde passa: é uma excelente aluna, uma atleta dedicada e é a namorada de Kevin Anderson, o sonho de consumo de qualquer garota! 

Mas, quando Kevin morre num trágico acidente de carro, e ela encontra em seu armário um enigmático bilhete que contém apenas a inscrição ‘De nada’, Sawyer vê seu mundo virar de cabeça para baixo. 

Alguém sabe o que Kevin fazia com ela. Alguém sabe que eles não eram o casal perfeito que pareciam ser. E esse alguém é um assassino que está no encalço de Sawyer, acompanhando todos os seus movimentos… 

Mortes, intrigas, perseguições, em uma narrativa alucinante onde ninguém é o que parece ser!

Minhas Impressões:

Começamos Real, Louco, Mortal com Sawyer no funeral de seu namorado Kevin, que morreu num acidente de carro. Todos sentem muito pela perda dela e a olham com pena. Mas no íntimo Saywer sente algo como alívio. Os últimos tempos com o namorado não tinham sido fáceis. O namorado era difícil de lidar e completamente abusivo, ninguém sabia o que ela passava nas mãos dele. Todos os julgavam como um casal perfeito.

Além da morte de Kevin, Sawyer não está num bom momento da sua vida, seus pais se divorciaram e agora ela vive com o pai e uma madrasta que está grávida, num bairro distante com nenhum vizinho, o que aumenta ainda mais o suspense.

A garota procura levar sua vida o mais normal possível. Até que um dia na escola ao abrir o armário onde guardava os livros, encontra um bilhete escrito “de nada. O que antes parecia ser apenas um acidente, parece estar mais para um assassinato.

Logo, outra morte ocorre, e parece envolver Sawyer de alguma maneira novamente. A garota fica cada sem saber em quem confiar, uma vez que todos parecem suspeitos. O livro é narrado em terceira pessoa, e sentimos uma conexão grande com a garota. Meio que abandonada pelos pais, que são completamente ausentes e a enviam para o terapeuta ao invés de conversar com a garota e descobrir o que está acontecendo.

Ao longo da história torcemos para que ela descubra quem está por trás de tudo e exercendo tanto poder na vida dela. Como todos parecem suspeitos, nossa ansiedade só aumenta, pois queremos saber como termina o livro.

Real, Louco, Mortal é bom livro, cheio de mistério, não vemos passar as páginas, pois a leitura flui muito fácil. Se você curte mistérios, não deixe de conferir!

Gostou desse post? Tem dica de livros? Não deixe de comentar!

5 maneiras de economizar espaço na mala

Quando vamos viajar para longe, ou ficar muito tempo fora, precisamos levar uma quantidade de coisas que pode ocupar bastante espaço na mala. Por isso precisamos utilizar de técnicas que nos ajude a economizar espaço.

Hoje compartilho com vocês 5 maneiras de economizar espaço na mala. São técnicas que venho utilizando já faz um tempo e realmente ajuda.

Use o sapato

Os sapatos são ótimos para guardar meias e roupas íntimas. Coloque-os em sacos plásticos para não sujar as roupas e coloque no fundo da mala.

Enrole suas roupas

Fazer rolinho com as roupas, economiza mais espaço do que dobrá-los como normalmente estamos acostumados. Aproveite e faça isso no seu armário também, você vai ver quanto espaço consegue economizar!

Organizadores para malas

Hoje podemos encontrar facilmente organizadores específicos para mala. É uma boa opção para organizar seus itens pessoas e conseguir mais espaço.

Sacos Plásticos com fecho zip

Sabe aqueles sacos ziplog que encontramos em mercados para guardar alimentos? Eles são uma boa opção para guardar alguns itens pessoas, como de higiene e também roupas, dependendo do tamanho do saco plástico.

Sacos à vácuo

Se você vai numa viagem, na qual também pretende fazer compras, uma boa ideia é levar sacos à vácuo para a volta. Você vai ver que ajuda a economizar um bom espaço.

Como podemos ver, usando um pouco de criatividade, ganhamos lugar vazio na mala. Aproveite cada espaço possível, assim, sua mala fica organizada e podemos trazer mais coisas das nossas viagens. Ou levar uma mala menor.

Gostou das 5 maneiras de economizar espaço na mala? Se tem alguma outra dica, não deixe de compartilhar com a gente!

Receita de Brownie de Caneca

Hoje venho compartilhar com vocês uma receita fácil e rápido de Brownie de caneca.

Para aqueles dias que estamos loucos para comer doce, mas não tem nada em casa, essa é uma boa opção! Vamos a receita:

Ingredientes:

  • 2 colheres de sopa de farinha de trigo
  • 2 colheres de açúcar mascavo
  • 2 colheres de chocolate em pó
  • 2 colheres de sopa de óleo
  • 2 colheres de sopa de leite

Como fazer:

Na caneca, misture a farinha, o açúcar e o chocolate em pó. Em seguida, adicione o leite e o óleo e misture tudo até virar uma massa homogênea.

Leve ao microondas por volta de 1 minuto (depende da potência do seu aparelho). E pronto!

Como vocês viram o Brownie de caneca é bem simples e fica muito gostoso. Experimentem que vocês vão gostar!

Se você curtiu esse post, não deixe de deixar um comentário nos contando sua opinião e dicas de receitas fáceis!

 

Decoração com detalhes Candy Color

As cores Candy Color, fazem parte das tonalidades em tom pastel, e tem sido bastante tendência nos últimos anos. Para as pessoas que gostam de uma cor no ambiente, as cores Candy Color são uma ótima opção, pois possuem uma boa paleta de cores disponível.

Por serem cores clarinhas e delicadas, deixam o ambiente suave e refletem luz. Além de serem fáceis de combinar entre si na decoração.

Podemos apostar em móveis, paredes, cortinas e objetos decorativos. As cores Candy Color podem ser usadas em praticamente todos os cômodos, combinando com algum estilo de decoração. Vamos ver abaixo algumas inspirações:

Sala

Na sala, podemos usar os tons pastéis na estante, mesa de centro e em peças decorativas. As paredes, sofás e cortinhas, dá para manter o tom mais neutro, como o branco e o cinza. Mesmo com um toque de cor, o ambiente fica clean e romântico.

Cozinha

Na cozinha podemos abusar das cores nos armários e nos utensílios como panelas e louças. Uma coisa que acho bem fofa, são aquelas latas em tons pastéis que dá para guardar biscoitos.

Quartos

No quarto, dá para investir as cores Candy Color nas roupas de cama, cortina e tapete. Dá para usar diferentes cores ou manter um padrão.

Banheiros

No banheiro fica bem legal investir em azulejos em tom pastel, ou se você quiser algo mais simples, nos tapetes e nos acessórios.

Home Office

No Home Office dá para usar dos objetos decorativos em tons pastéis. Fica fofo e delicado.

Se você é fã de tons pastéis e gosta de um ambiente romântico e ao mesmo tempo clean, invista nessa decoração, que vai ficar lindo!

E aí, o que achou dessas inspirações? Deixe nos comentários!

Compras na Lush e Primeiras Impressões

Mês passado fiz minha primeira compra na Lush. Sempre tive curiosidade em testar os produtos da marca, pois é uma empresa conceituada no quesito de beleza e sempre vi resenhas positivas sobre os produtos.

Os produtos são naturais e veganos, não testam em animais e todos os produtos são feitos à mão. Inclusive, quando você compra algum produto da marca, vem uma etiqueta na embalagem informando quem produziu seu produto.

Além dessa preocupação da Lush com o ambiente, grande parte do lucro eles doam para instituições que apoia ações legais pelo mundo.

Os produtos que comprei:

Tea Tree Water

Tea Tree Water é um tônico, de acordo com a marca, o objetivo é manter a pele limpa e fresca. O produto possui propriedades antibacterianas, antifúngicas e antimicrobianas, que ajudam a afastar as bactérias causadoras da acne.

Outros ingredientes do Tea Tree Water possuem vitaminas e antisséptico, que ajudam a manter a pele limpa e revigorada.

É quase uma água termal, onde podemos espirrar no rosto em qualquer momento do dia ou passar com um algodão. O produto ajuda na limpeza facial e na remoção da maquiagem.

Estou usando já faz um tempo, é um tônico leve, com um cheirinho agradável. Deixa a pele sequinha, controlando a oleosidade. Também achei que ajudou a controlar as espinhas.

Herbalism

O Herbalism é um limpador facial esfoliante, que também pode ser usado no corpo. Eu só usei no rosto até o momento. O produto é feito com alecrim, urtiga e farelo de arroz.

Os três ingredientes limpam e removem as impurezas da pele, além de controlar a oleosidade. Além dos três ingredientes, também podemos encontrar, óleo de camomila-azul e rosas, que ajudam no equilíbrio do tom da pele.

Além de amêndoas que misturado com a água, criam um leite purificador na pele. Todos os ingredientes combinados, são ricos em vitaminas e minerais, sendo excelente para revitalizar a pele.

Achei o cheiro do Herbalism bem agradável, um leve cheiro de ervas. Limpa bem a pele, mas não resseca. Pelo contrário, deixa a pele bem hidratada, macia e calma. Uso duas vezes por semana.

Mask Of Magnaminty

A Mask of Magnaminty, é uma máscara facial feita com óleo de hortelã-pimenta para estimular, óleo de chinchilho e clorofilina para tratar a pele, além de sementes de prímula e feijão azuki para esfoliar suavemente enquanto você a remove.

A máscara é rica em minerais, pois também possui em sua composição o Caulim, que nutre, mel antibacteriano que estimula as céluas do sangue sob a superfície da pele e a deixam brilhante e revigorada.

O cheiro é bem gostoso, lembra chocolate com menta. Quando passa no rosto, a pele fica gelada, o que acaba sendo relaxante. Deixo a máscara no rosto em torno de 20 minutos. Quando retiro, sinto a pele lisa, iluminada e macia, além de controlar a oleosidade.

E aí, quem já comprou algum produto da Lush? Qual foi sua opinião? Deixem nos comentários!

6 dicas que todo viajante precisa saber

Se você é viajante ou planeja uma viagem futuramente, é bom se informar sobre algumas coisas básicas que temos que levar em conta em toda viagem.

Infelizmente quando vamos viajar, não é só jogar algumas peças de roupa dentro da mala e sair porta a fora. Há uma série de planejamento a ser feito. E se vamos para outro país, precisamos verificar as regras do país para não passar perrengue.

Hoje venho compartilhar com vocês, 6 dicas que todo viajante precisa saber:

1 – Visto

Viajando para outro país? Veja com antecedência se o lugar que você escolheu ir, não precisa de visto. Alguns países que precisam são Estados Unidos, Canadá e Japão. Caso você esteja viajando para o Canadá e vá fazer escala nos Estados Unidos, você vai precisar de visto dos EUA e do Canadá.

2 – Chip de Celular

Para quem tem celular desbloqueado, uma boa ideia é chegar no país e já adquirir um chip. Não tem nada pior do que ficar sem comunicação ou se perder e não ter nem como verificar um mapa. Um chip com internet vai te dar mais segurança.

3 – Cartão de Crédito

Não se esqueça de habilitar seu cartão de crédito para usar em outro país. Uma boa ideia também, é dar uma olhada nas taxas que serão cobradas, para não ter surpresa quando voltar da viagem.

4 – Malas

Uma vez selecionada a compahia aérea, dê uma olhada nas regras de tamanho de bagagem de mão, e quantos kilos você pode levar, tanto na de mão, quanto na mala despachada. Caso você ultrapasse os limites, terá que pagar taxas a mais. E quando estamos viajando, queremos economizar o máximo em coisas desnecessárias não é mesmo?

5 – Hotel

Antes de reservar um Hotel, Hostel ou Airbnb. Dê uma olhada na opinião de hóspedes que já ficaram no local. Veja as fotos e se atende as suas necessidades, para não se arrepender depois.

6 – Tomadas

Não se esqueça que dependendo do país, as tomadas são diferentes. Então sempre leve um adaptador universal, para não estragar seus eletrônicos!

Essas são 6 dicas que todo viajante precisa saber. Você tem mais alguma dica? Se você gostou desse post e quer deixar sua opinião sobre o assunto, não deixe de comentar!

Receita: Rosquinha de Polvilho Fit fácil e rápido

Me aventurei na cozinha novamente com uma receita de Rosquinha de Polvilho fit, o nível de dificuldade para fazer essa receita é extremamente baixo! E é perfeito para comer como lanche entre as refeições principais. Vamos lá:

Ingredientes:

  • 2 xícaras de chá de polvilho azedo
  • 1 ovo
  • 1 colher de sopa de azeite
  • 1/2 xícara de chá de água quente
  • 1 pitada de sal

Como fazer:

Misture o polvilho, o ovo, azeite e sal. Acrescente a água quente e amasse até vira uma massa homogênea e que não grude nas mãos.

Leve ao forno baixo e pré-aquecido por volta de 15 minutos, e pronto! Rende por volta de 10 rosquinhas. Não esqueça de deixar um espaço entre as rosquinhas para que elas não grudem umas nas outras. Além de rosquinhas, resolvi fazer palitinhos também. Ficou uma delícia!

E aí, bora tentar fazer essa receita de rosquinha de polvilho fit fácil e rápido? Deixem nos comentários!

 

Decoração: Papel de Parede imitando Mármore

Logo fechamos o ano de 2017 e duas tendências que bombaram no quesito decoração, foi o cimento queimado e o mármore. Até fiz um DIY com papel contact que imitava mármore (veja aqui). Estamos acostumados a ver mármore em bancadas da cozinha ou banheiro. E ainda em alguns objetos decorativos. Mas hoje em dia, podemos encontrar também papel de parede que imita essa tendência.

Como pedras de mármore são caras, o papel de parede imitando mármore é um bom investimento. Com ele podemos deixar nosso ambiente elegante, moderno e chique, além de trazer uma beleza de tirar o fôlego. Se você gosta de decoração clean, se joga nos tons neutros, que são os mais comuns. Mas também podemos encontrar em outros tons, como o rosa claro e azul.

O interessante do papel de parede com estampa de mármore é que combina com tudo, principalmente os tons neutros e delicados. Se você está pensando em dar uma repaginada no seu ambiente, aposta no papel de parede que é sucesso!

O que achou das inspirações? Conte sua opinião sobre essa tendência nos comentários!

Resenha: A Garota Sem Passado por Michael Kardos

A Garota sem Passado é um livro intrigante que consegue prender a atenção do leitor. Se você gosta de um bom Thriller, vai curtir essa resenha.

Sinopse:

“Num domingo de setembro de 1991, Ramsey Miller deu uma festa em casa para os vizinhos. Depois, assassinou a esposa e a filha de 3 anos. Todo mundo na pacata cidade de Silver Bay conhece a história. Só que todos estão errados. A menina escapou. Sob o nome falso de Melanie Denison, ela passou os últimos quinze anos escondida com os tios numa cidadezinha remota. Nunca pôde viajar, ir a uma festa na escola ou ter internet em casa, porque Ramsey jamais foi encontrado e poderia ir atrás dela a qualquer momento. Mas, apesar das rígidas regras de segurança impostas pelos tios, Melanie se envolve com um jovem professor da escola local e engravida. Ela decide que seu filho não terá a mesma vida clandestina que ela e, para isso, volta a Silver Bay para fazer o que nem os investigadores locais, nem a polícia federal, nem o FBI conseguiram: encontrar seu pai antes que ele a encontre.”

Minhas Impressões:

O livro gira em torno de Melanie Danison. Quando era apenas uma garotinha de 3 anos, seu pai, Ramsey Miller assassinou sua mãe. Para o mundo, Melanie, antes chamada de Meg também morreu. Mas Melanie conseguiu sobreviver e nos 15 anos que se passaram, a garota viveu às escondidas com os tios.

A família se mudou para uma pequena cidade em Virgínia Ocidental e vivem completamente em reclusão, pois Ramsey Miller ainda não foi pego e está a solta a procura da filha.

Os tios são extremamente rígidos com a sobrinha, porém a garota acaba engravidando de um professor local. Decidida a não deixar seu filho ter o mesmo futuro que ela e viver às escondidas, a garota foge da casa dos tios e vai tentar descobrir o que realmente aconteceu 15 anos atrás e encontrar seu pai.

O livro é dividido em três partes e alterna entre passado e presente, onde no passado conta os antecedentes que levaram a noite do assassinato e a vida de Ramsey Miller desde criança. No presente acompanhamos Melanie na busca pela verdade.

Gostei dos personagens, principalmente de Melanie e sua coragem por sair das asas dos tios e ir em busca de uma resposta.

No começo sentimos um pouco de aversão por Ramsey Miller, mas no decorrer da história e conforme vamos conhecendo o personagem, conseguimos entender sua personalidade e o que pode ter levado aos acontecimentos do dia do assassinato.

O desenvolvimento da história ocorre de forma natural e até um pouco entendiante, mas nas últimas 100 páginas, as coisas começam a acontecer e a adrenalina aumenta. Conseguimos descobrir fatos que ainda não tinham sido revelados e chegamos a um final inesperado.

A Garota sem Passado não é um livro extraordinário, mas vale muito a pena ler. Temos bons momentos de thriller onde podemos nos afundar na história e conseguir uma boa distração.

E aí, já tinham ouvido falar de A Garota sem Passado? O que achou da resenha? Deixe nos comentários!