Ansiedade – Como Enfrentar o mal do século

ansiedade

Há algumas semanas atrás, recebi a confirmação do que já desconfiava, eu tenho Transtorno de Ansiedade. Agora sei que o fato de não conseguir desligar o cérebro e sofrer por antecipação não era frescura. Então hoje vim compartilhar com vocês, a resenha de um livro muito bacana do August Cury, que me ajudou a entender mais sobre o assunto.

Antes de falar sobre o livro, vamos entender o que realmente é a Ansiedade de uma forma simples e rápida. Você já passou pela situação onde alguns minutos antes da sua conversa com seu chefe ou com seu professor, sua mão começou a tremer e seu coração disparou? Nesses casos, você está se sentindo ansioso. Mas não se preocupe, isso é uma reação normal do nosso corpo em relação a situações estressantes ou perigosas. Todos nós já nos sentimos assim em algum momento.

ansiedade

Mas há uma pequena porção de nós, que experimentamos o Transtorno de Ansiedade, que é uma doença na qual a ansiedade dura no mínimo 6 meses e é caracterizada pela aflição, medo ou terror que pode interferir na vida normal da pessoa.

Algumas pessoas podem ter sua ansiedade despertada por coisas específicas como por exemplo, fobias. Há também a Ansiedade Generalizada, onde a pessoa sofre por antecipação e está o tempo toda tensa sem motivo real algum, essa ansiedade pode ou não, ter sido despertada por algo.

Ufa! Vamos falar um pouco sobre o livro agora? Comprei o livro no impulso, pois queria entender melhor sobre o assunto, foi apenas R$15,00 e acabei achando interessante, ele é fácil e rápido de ler. August Cury, o escrito, é psiquiatra e psicoterapeuta e já escreveu vários livros sobre o assunto.

De forma resumida, o livro diz respeito a construção do pensamento. August Cury afirma que no mundo atual que vivemos, tudo é muito rápido, onde as pessoas buscam informações 24 horas por dia e vivem estressadas. Assim, como pensamos rápido e em excesso, violamos o ritmo da formação dos pensamentos. Isso acaba gerando consequências para a saúde emocional e pode levar a ansiedade. No livro ele descreve como “A Síndrome do Pensamento Acelerado”.

ansiedade

August Cury enfatiza sobre o problema e diz que isso é um sinal para você mudar o seu estilo de vida. Hoje em dia as pessoas querem muito alguma coisa e quando conseguem, logo perdem o interesse, pois estão sempre em busca de algo que causem estímulo e satisfação. Porém, se desinteressam rápido, devido a velocidade de informações e novidades.

Quando você da Síndrome do Pensamento Acelerado, você está sempre cansado, com um emocional instável e isso acaba afetando a qualidade de vida do indivíduo. Não tolera trabalhar com pessoas lentas, tem dores de cabeça e no corpo, está sempre estressado e nunca relaxa. Dorme pouco e se irrita com pouca coisa.

No livro ele descreve as situações para você entender o que é Ansiedade. Mas não passa uma cura, nem nada disso, o livro é como se fosse um alerta para nós, principalmente se nos encaixarmos em algumas das situações que ele fala.

E aí? Vocês sofrem por antecipação também? Pensam rápido demais e nunca relaxam? Deixem nos comentários!

Seguir

28 comentários em “Ansiedade – Como Enfrentar o mal do século

  1. Super te entendo e eu adorei ler esse livro também. Aliás, tenho lido muito material desde que eu aceitei o diagnóstico e eles têm me ajudado bastante com a maldita, mas é algo que eu preciso ter consciência todos os dias e que me afeta do nada. Essa semana mesma eu estava com um aperto enorme no coração e comecei a tremer muito, mas ainda não encontrei uma explicação. Não é fácil. 🙁

  2. Desconfio que fui desenvolvendo minha síndrome de ansiedade com os anos, sabe?
    Crescendo um pouquinho por vez, pq eu nunca percebi um fator que desencadeou tudo, mas foi aumentando… até chegar 2014.
    Neste ano eu tive sérios problemas, sabe? A ansiedade ficou generalizada e os sintomas eram físicos e tão reais que eu mal saia da cama. E muito menos de casa.
    Tive que me afastar de tudo e todos por um tempo… desagendar todos os compromissos…. tudo. Para poder me acalmar e parar de me preocupar. Com o tempo fui aprendendo a controlar minha ansiedade e a conviver com ela.
    Hoje, dois anos depois, eu finalmente sinto que consigo viver com a minha ansiedade.
    Por isso, fico extremamente indignada quando as pessoas dizem que ansiedade não é nada… que é frescura. Elas com certeza não entendem o que é ansiedade.
    Muito legal o post! 😉

    Beijos!
    Andréia Campos
    http://petitandy.com

    1. As pessoas acham que ansiedade é algo comum, que todo mundo tem. Realmente todo mundo fica ansioso em algum momento, mas Transtorno da Ansiedade é algo totalmente diferente.
      Fico feliz em ver que aprendeu a conviver com sua ansiedade <3.

      Beijos

  3. Ansiedade não é fácil, viu. Mas o bom é que a gente sabe que pode tentar controlar isso se informando melhor e com algumas intervenções medicamentosas, se for o caso. É possível viver com isso, mas não é nada legal 🙁 te entendo viu, miga.

    Tenho esse livro na minha estante também

    beijo
    beinghellz.com

  4. Eu li Armadilhas da Mente, do Augusto Cury, e me apaixonei! Certeeeza que todos os livros dele são maravilhosos, tenho vontade de ler esse pq eu sou beeeem ansiosa, de muitas vezes não conseguir dormir direito, ficar acordando de cinco em cinco minutos.. É complicado isso.. Adoreeei seu post! Beijokas 🙂

  5. Que demais o teu post! Adorei essa explicação, fiquei super curiosa pela leitura. Vou procurar amanhã mesmo. E sim eu sofro por antecipação, as vezes chego a ficar irritada. Mas tento o máximo me controlar e fazer alguma coisa pra relaxar a tensão.
    bjuxxx
    http://www.taayvargas.com

  6. Nossa, eu sofro MUITO de ansiedade! E como eu queria não sofrer com isso…
    Ainda bem, aprendi a controlar isso e hoje consigo conviver sem muitos problemas. Mas já passei por uma época que ansiedade estava atrapalhando muito e como não sabia como lidar, sofria bastante!

  7. Li esse livro no ano passado, emprestado de uma amiga, e estou louca pra reler! É mesmo muito bom, ainda mais pra quem sofre desse trauma, que nào é nada fácil.
    Eu vivo com o pensamento acelerado tb. horrível!

    Ótima dica!
    xx,

    Mani Piñeiro
    Instagram
    Snap: @manipineiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.