Akai-ito – Fio Vermelho do Destino

akai-ito1

Você já pensou que talvez existe alguém destinado a ficar com você desde o seu nascimento? Há uns anos atrás eu assisti um drama japonês chamado Akai-ito, ou fio vermelho do destino. A história do drama retrata uma lenda existente no Japão, que diz que as pessoas já nascem destinadas uma a outra. Elas estão ligadas por um fio invisível amarrado em seus dedos mindinhos desde seu nascimento e essa linha nunca será partida. O drama conta então a história de Mei e Atsushi que nasceram no mesmo dia, 29 de fevereiro de 1992. Em seus aniversários de 8 anos se encontram por acaso e depois não se veem mais. Porém Atsushi acaba sendo transferido para o mesmo colégio que Mei frequenta, para a mesma sala e para a mesa ao seu lado. Além das coincidências do destino, há muitos obstáculos na vida para que ambos ultrapassem, se realmente querem ficar juntos.

Depois que eu assisti, eu fiquei muito tempo pensando nesse assunto, pois sou muito interessada em histórias, já que amo escrever também. Sendo assim, eu fiz uma pesquisa sobre o assunto já naquela época, mas estou compartilhando hoje com vocês, pois…sabe quando aquela história fica guardadinha com você e nunca vai embora e de tempos em tempos você lembra dela? Então…segue abaixo, a lenda original, um pouco mais detalhada.

Akai-ito é uma mitologia que está bastante presente na cultura japonesa, que significa fio vermelho do destino. Essa lenda é originária da China e esse termo (Akai-ito) é bastante usado no Japão, especialmente em Mangás, Animes, Música e Vídeo Games.

Uma linha vermelha invisível conecta duas pessoas que estão destinadas a ficar juntas, não importa o tempo, lugar ou circunstância. A linha pode esticar, ficar emaranhada mas nunca, nunca vai se quebrar.
A lenda conta então sobre um garoto que voltando para a casa uma noite, vê um velho homem parado sob o luar. Ele explica para o garoto que este está amarrado a sua futura esposa pela linha vermelha. O velho mostra ao garoto sua destinada esposa, uma garota. Sendo jovem e não tendo interesse algum em ter uma esposa, o garoto pega uma pedra e joga na garota, fugindo.

Muitos anos depois, o garoto já adulto, acaba tendo um casamento arranjado por seus pais. Na noite de seu casamento, sua esposa espera por ele em seu quarto, com um tradicional véu cobrindo seu rosto. Quando ergue o véu, o rapaz fica feliz em ver que sua esposa é uma das mais belas mulheres de seu vilarejo. Entretanto, ela usa um adorno cobrindo sua sobrancelha. Ele pergunta para ela por que está usando aquilo e ela conta que quando era uma garota, um garoto jogou uma pedra e a machucou, deixando uma cicatriz em sua sobrancelha. A mulher é de fato a mesma garota que o velho mostrou ao garoto quando era criança.

Um mito envolvendo amor e destino, que pode soar legal e romântico, mas lembrando que é apenas uma lenda, mas mesmo assim não é incrível? Eu amo histórias assim. E gosto de acreditar que sempre vai existir alguém para todo mundo em algum momento das nossas vidas, afinal vivemos num mundo com mais de 7 bilhões de pessoas, impossível não encontrar alguém que vai se conectar instantaneamente a você, então sem pressa, com paciência chegamos lá, enquanto isso vamos aproveitando e vivendo nesse mundo incrível que chamamos de nossa casa.

E você, acredita em destinos? Acredita que existe alguém destinada a ficar com você em algum momento? Deixe nos comentários! Adoro saber o que as pessoas pensam sobre esse assunto.

Seguir

20 comentários em “Akai-ito – Fio Vermelho do Destino

  1. Primeiro, quero assistirrrrrrrrrrrrrrrrrr, estou com uma saudades de anime.
    Segundo, não sabia dessa lenda em que os japoneses acreditam. E sei la, eu e meu namorado a gente acha que temos uma ligação muito forte. Namoramos dos 14 aos 18 , e com 23 resolvemos voltar, depois de cada um ter seguido sua vida. Acho realmente que nosso destino é ficar juntos.

    Beijos, Love is Colorful

  2. Eu preciso assistir isso urgentemente.
    Bem a lenda é fofa (fora o fato da pedrada que nao é nd legal) mas em si, é uma bela história, mas eu nao acredito sabe. Nem todos tem esse desejo de arrumar um amor, essa necessidade, as pessoas sao livres, e os coraçoes tambem, a unica corda de amor que tenho em mim é em mim mesma. O amor próprio sabe, mas amor de outra pessoa, é mais uma escolha sabe… hahah nao sei se entende o que eu to tentando dizer mas é issokkkk

    † Inocentemente Ingênua †† Inocentemente Ingênua †

  3. Sou apaixonada por tudo que envolva cultura e ainda mais lendas e histórias japonesas. Não sei, mas elas possuem uma energia diferente. Mais serena, talvez, e boa.
    Essa história é simplesmente linda. Também acredito nos fios invisíveis, que uma hora ou outra vão fazer com que sejamos definitivamente conectados e apresentados a essas outras pessoas com quem tanto sonhamos um dia encontrar. (:

    Beijos.

    oeraumavezdeverdade.blogspot.com

  4. Caraca, eu amei essa história. Quando falou da sobrancelha dela eu nem me liguei, já achei que ele fosse separar dela e só depois ficar com outra, haha. Ainda bem que foi mais fácil. Não sou muito de acreditar nessas coisas mas achei a história bem legal! Curti! Beijinhos <3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.