A chuva

A chuva cai ao meu redor. Sobre mim. Gotas geladas escorrendo pela minha pele. As pessoas ao meu redor, apressando o passo. Me sinto sozinha. Olho as pessoas, algumas sozinhas, com alguém as esperando no calor da casa onde convivem juntos. Outras estão caminhando de braço dado com alguém, tentando se cobrir com um guarda-chuva que mal cabe os dois, mas estão abraçados se sentindo seguros ao lado um do outro. Outros simplesmente correm pela chuva, sorrindo com os amigos. Felizes. Sinto inveja da felicidade estampada no rosto deles. Quero sentir isso também. Quero alguém me esperando em casa, mas tudo o que eu tenho é um peixe num aquário que parece tão infeliz quanto eu. Quero andar de braço dado com alguém, mas tudo que tenho, são sacolas penduradas nos meus braços. Quero sorrir sem preocupação, mas os músculos do meu rosto, não sabem mais o que é isso.

Me sinto carente, indefesa. Preciso de um abraço. Preciso de um amigo. Quando me tornei assim? Essa pessoa amarga, esquecida por todos, vivendo isolada, presa na escuridão dos meus próprios sentimentos, com medo de enfrentá-los e morrendo a cada dia, a cada segundo. Só o que tenho nesse momento, é a chuva. A chuva congelante que de algum modo, me tira do entorpecimento pelo qual estive durante todo esse tempo.

photo-1415394171664-b29caa4dca77

photo-1428592953211-077101b2021b

O que vocês acham desse tipo de texto? Gostam de escrever também? Deixem nos comentários!

Seguir

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.