3 Dicas para decorar com o estilo minimalista

Quando pensamos em estilo minimalista, temos que ter em mente que menos é mais. Ou seja, os ambientes são clean, com tons neutros e pouca decoração. Quem gosta de estilo minimalista associa muito com tranquilidade, uma vez que os tons calmos e neutros passam essa impressão. Gosta desse estilo ou parcialmente dele? Então, dê uma olhada nessas 3 dicas para decorar com o estilo minimalista.

Espaço e Cores

Normalmente os ambientes são espaçosos e luminosos, lembrando muito o conceito de loft. As cores são puxadas para o branco, preto, cinza e outros tons neutros como azul escuro, verde e rose gold que está muito popular ultimamente. Também está muito na moda fazer parede de cimento queimado, que fica muito bonito inclusive e usar mármore.

Mobília

Os móveis são simples, também em tons neutros. Tem-se usado muito a madeira crua, o que acaba juntando um pouco o estilo minimalista com o escandinavo, o que dá uma combinação bonita e minha preferida do momento.

Decoração

Usa-se pouca decoração, porém você pode tentar adicionar um pouco de cor aqui, como por exemplo o verde e investir em plantas. Além de plantas, usa-se muito vidro, espelho, mármore e madeira.

E aí o que acharam dessas 3 dicas para decorar com o estilo minimalista? Gostem desse tipo de decoração? Deixem nos comentários!

Protetor Solar Eucerin para peles oleosas

Comecei a usar o Protetor Solar Eucerin para peles oleosas FPS 60 por recomendação da minha dermatologista e foi um dos melhores protetores que já usei. Usei a versão de amostra grátis que por sinal vem muito produto, usei por um mês inteiro, todos os dias.

O que a marca diz:

“O Protetor Solar Eucerin Sun Creme Gel Oil Control com Toque Seco FPS60 diz que oferece alta proteção a peles oleosas e com tendência a acne. A tecnologia Oil Control regula a oleosidade e reduz o brilho, além de possuir um efeito matte que dá a pele uma sensação de toque seco.”

Minha opinião sobre o produto:

Esse foi o primeiro Protetor Solar Eucerin para peles oleosas que usei da marca, já tinha visto em farmácias antes, mas nunca tinha adquirido para testar.

Embalagem:

A embalagem é de plástico, como a minha era amostra grátis, era em forma de bisnaga, mas a embalagem comprada na farmácia possui um pump, o que facilita muito na hora de retirar o produto.

Textura:

A textura dele é em gel e é bem leve, espalhando facilmente pela pele e com rápida absorção. Logo após a aplicação já dá para sentir a pele sequinha, porém sem perder a hidratação da pele.

Cheiro:

Não deixa o rosto esbranquiçado e praticamente não possui cheiro algum, o que aprecio muito em produtos para o rosto.

Proteção:

Senti que me protegeu por horas. Aplicava de manhã e no almoço novamente, uma vez que preciso sair nesse período que o sol está bem alto e forte.

Acne e Manchas:

Também achei que controlou bem a acne, minha pele está, sem nenhuma evidência de acne e não sei se foi o conjunto com outros produtos, mas achei que minha manchinhas solares diminuíram bem, ou seja, o protetor solar está realmente ajudando a proteger a minha pele.

Para concluir, o Protetor Solar Eucerin para peles oleosas com certeza é um dos protetores que mais gostei até hoje, se você tem a pele oleosa e precisa de alta proteção, vale muito a pena conferir. Além de ser facilmente achado em farmácias num preço em torno de R$60,00.

E aí, alguém já experimentou o Protetor Solar Eucerin para peles oleosas? Qual outro protetor solar para peles oleosas vocês recomendam? Deixem nos comentários!

Wishlist de Livros

Faz um tempo que não passo perto de uma livraria e não navego pela internet, pois por mais que o desejo de comprar livros seja grande, estou tentando economizar em tudo o que posso, pois tenho outra prioridade no momento.

Porém, não tem como, a gente sempre acaba vendo uma novidade ou uma indicação aqui e ali. Separei então alguns livros que estou querendo e criei minha Wishlist de Livros. Desde o final do ano passado estou muito nessa vibe de livros que me inspiram seja de forma motivacional ou positivamente, então a maior parte dos livros que estou desejando seguem essa linha. Dá uma espiada na minha Wishlist de Livros:

1 – Uma Pergunta por dia: Uma Pergunta Por Dia convida você a registrar suas respostas a uma variedade de questões, das mais simples às mais complicadas, como “Para onde você quer fazer sua próxima viagem?” ou “Escreva a primeira linha da sua autobiografia”. Em cada página há espaço para cinco respostas, uma por ano, ao longo de cinco anos. Com o passar do tempo, quando voltar a um dia já anotado, o dono do diário encontrará seus pensamentos anteriores, num exercício divertido e construtivo de recordar e refletir.

2 – Recados do Bem: O livro foi inspirado no projeto do instagram @instadobem e traz 52 textos que te ajudam a pensar na vida de forma mais positiva.

3 – Pollyanna: Órfã e pai e mãe, Pollyanna, uma menina de 11 anos, é acolhida pela tia Polly, sua única parente viva. Rica e intransigente, a tia é desprovida de compreensão e afetividade, e recebe a menina em sua casa como um dever. Pollyanna, por sua vez, é uma menina encantadora, que a todos conquista com sua paixão pela vida e pelas pessoas, seu otimismo, sua alegria de viver… e o Jogo do Contente, que pratica e ensina a quem quiser aprender. Um jogo em que ninguém perde, todos ganham e se transformam.

4 – Em algum lugar nas estrelas: Em Algum Lugar Nas Estrelas, da autora norte-americana Clare Vanderpool, é um romance intenso sobre a difícil arte de crescer em um mundo que nem sempre parece satisfeito com a nossa presença.

E aí, o que acharam dessa wishlist de livros? Qual é o livro que vocês querem muito ler no momento? Deixe nos comentários!

3 Motivos para assistir Riverdale

Logo quando pensei que ia ficar orfã de The Vampire Diaries e Pretty Little Liars, apareceu uma série, que espero que tenha vindo para ficar. Riverdale é uma série inspirada nos quadrinhos “Archie” de 1941. Até começar a ver propaganda sobre a série, eu completamente desconhecia as histórias em quadrinho “Archie”, então tudo que estou vendo na série é novo para mim e não posso comparar com os quadrinhos.

O enredo gira em torno do assassinato de Jason Blossom que acontece durante as férias de verão. Além do mistério do assassinato, vamos encontrar triângulos amorosos e muito drama familiar. Na história, acompanhamos Archie, Betty, Verônica, Jughead, Josie e seus amigos que vivem na pequena cidade de Riverdale. A cidade está se recuperando da trágica perda de Jason Blossom. Em meio a perda de Jason, Archie começa a ter uma crise existencial e resolve embarcar na realização de um sonho de se tornar músico, ao mesmo tempo que precisa lidar com seus sentimentos entre Betty e Verônica.

O que mais gostei é que a história é contada por um personagem da série, bem clima Scream sabe? O tom de voz e a história envolvida, causa mais impacto e drama. Se você ainda não está convencido a assistir, dá uma olhada em mais 3 motivos para assistir Riverdale.

1 – Mistério

Lembra bastante a série Scream em questão de mistério. Logo quando se inicia a série apenas sabemos que Jason Blossom desapareceu durante o verão, mas logo seu corpo é encontrado e descobre-se que ele foi assassinado. A partir disso uma série de mistérios toma conta, quando Jason foi assassinato? Porque? Teria ele um caso incestuoso com sua irmã gêmea?

2 – Amizade

Nos deparamos entre o triângulo amoroso entre Archie, Betty e Verônica. Porém é interessante ver as duas meninas, mesmo em meio a brigas colocarem a amizade acima da paixonite do colégio.

3 – Trilha Sonora original

Achei super bacana que a trilha sonora é composta por Josie and the Pussycats, uma banda fictícia formada na série, e elas cantam muito! E quem não gosta de músicas novas? Vale a pena incluir na playlist.

Trailer

Para concluir, eu achei a série bem interessante e o mistério do assassinato será resolvido logo na primeira temporada, o que é ótimo, pois ninguém quer que se arraste igual Pretty Little Liars né. Se você está a procura de uma série com mistério, romance e drama, vale a pena conferir Riverdale.

E aí, já tinha ouvido falar de Riverdale? O que acharam dessa nova série? Deixem nos comentários!

Look do dia: Vestido e Tênis Branco

Vestido e tênis branco, está aí uma composição que achei que nunca ia usar, porém nos últimos tempos tenho saído da minha zona de conforto e tentado coisas novas. Usei esse look uns tempos atrás quando estava bem quente e curti.

Na verdade, tênis branco tem se tornado meu queridinho, então estou usando ele em pelo menos 90% dos meus looks. Confesso que não gosto muito de vestido, mas no calor que estava umas semanas atrás, não tem como.

Combinei o look com um chocker com amarração que está bem tendência, pelo menos tenho visto bastante nos looks das gringas, e completei com óculos escuros. Não costumo andar com bolsa, as vezes saio apenas com carteira, chaves e  celular. E quando saio para treinar fotografia, levo mochila. Como aconteceu nesse dia, porém não fotografei a mochila haha.

 

Vestido = Forever 21 / Tênis = Adidas / Chocker = Aliexpress / Óculos = Nine West

E aí, o que acham de usar vestido e tênis? Usariam esse tipo de composição? Deixem nos comentários!

A Escolhida por Amanda Ágatha Costa

Hoje vim compartilhar com vocês minha opinião sobre o livro A Escolhida, da autora Amanda Ágatha Costa. Amanda é uma autora brasileira e trouxe um livro com uma proposta diferente do que eu estava acostumada a ver em autores brasileiros. O livro envolve fantasia, que com exceção de Harry Potter, não é um dos meus gêneros favoritos de se ler. Porém, A Escolhida foi uma surpresa agradável, apesar de ter alguns pontos que considero negativos do meu ponto de vista, o livro é bom e senti muito orgulho em ler uma obra brasileira nesse nível.

Vamos ao resumo:

“Em uma cidade repleta de pessoas desconhecidas, Ari poderia ser apenas mais uma garota perdida na multidão, como tantas outras que foram abandonadas pelos pais. Através de sua aparência impecável e feições delicadas, ninguém conseguiria supor quem ela é e o que gosta de fazer: um anjo com sede de sangue, sempre disposta a ceifar novas vítimas. Porém, tudo muda quando é capturada por dois feiticeiros e levada para o círculo, lugar onde eles vivem sob a liderança de Egran, um homem cruel que não mede esforços para conseguir o que quer. Em meio a várias mudanças repentinas, terá de enfrentar suas convicções a fim de descobrir um lado de si mesma que não imaginava existir. Será que o amor vai fazer brotar a alegria em seu coração? Ou ele irá arrastá-la diretamente para a morte? Ari será capaz de finalmente superar o próprio passado sombrio ou sucumbirá a ele, deixando pelo caminho mais um grande rastro de destruição?

Minha opinião sobre A Escolhida:

No livro conhecemos Ari, ou Ariali como algumas pessoas do Círculo a chamam. Ari é uma criatura nada convencional. Ela é um anjo, possui uma aparência linda e delicada, porém ela não é nada disso internamente. Ari é uma assassina e mata para se alimentar. Os humanos não conseguem ver suas asas, porém outras criaturas conseguem. De tanto matar, as asas de Ari estão caindo aos poucos.

Numa caçada, Ari acaba trombando com Luke e Edlun, que são feiticeiros do qual ela nem sequer sabia da existência. Os dois insistem em levá-la para o chamado Círculo que é onde vivem com outros feiticeiros. O líder do círculo, Egran a quer por perto para que ele consiga prosseguir com seus planos nada benevolentes. Egran não é uma pessoa agradável e dirige o círculo na base do medo.

Ari não aceita ajudar Egran em seus planos, dos quais ele nem sequer revela à ela. Mas mediante a promessa que ele contará sobre seu passado, que ela nada sabe, Ari acaba cedendo.

Cada feiticeiro do Círculo tem um dom e o dom de Luke, o garoto que a levou para o Círculo, é ver o passado das pessoas. Quando ele toca em Ari, acaba vendo seu passado que ainda é segredo para ela e acaba contando a garota sobre o que viu, a revelação a deixa assustada e com medo.

Logo Ari e Luke começam a desenvolver sentimentos um pelo outro, porém, o relacionamento deles é proibido, uma vez que criaturas de espécies diferentes não podem se relacionar. Ari também acaba fazendo amizade com Vincy, irmã de Luke, da qual ela odeia assim que chega no Círculo, mas logo as suas se entendem, além de Vincy, Ari faz amizade com as outras três amigas de Vincy. A garota que sozinha basicamente toda a sua vida, estranha a recepção e o carinho por parte das meninas e o amor de Luke.

Bom, confesso que não gostei da Ari no início. A situação dela era complicada, cresceu sozinha, sem amigos, sem entender quem era ela. Mas ela era muito, muito chata na minha opinião. Sabe aquelas pessoas que não aceitam ouvir as outras, que acha que está sempre com a razão e fica batendo o pé como uma criança/adolescente mimada? Foi a visão que tive dela no começo do livro. Tudo bem que ela estava confusa ao ser levada obrigatoriamente à um meio até então desconhecido para ela, mas né, vamos com calma garota. Mas para a nossa (minha) alegria, ela melhora no decorrer da história.

Outro coisa é que achei o livro um pouco enrolado demais, você chega até a página 100 e basicamente nada de “wowww” tinha acontecido. Muitos diálogos entre Ari e Luke, enquanto Ari tenta entender o que está sentindo e você fica “tá e agora, o que mais vai acontecer?”.

Tirando esses dois pontos, a autora consegue prender nossa atenção e aos poucos você começa a acompanhar o ritmo da história, conforme vai vendo uma incógnita aqui, outra ali e assim vai. Além da história, acompanhamos a evolução de Ari e como ela acaba conhecendo outro lado dela, o lado que não é totalmente impiedoso.

Para concluir, acho que vale muito a pena ler. Ainda mais por ser uma obra brasileira e completamente diferente, pelo menos para mim.

E aí, já tinha ouvido falar do livro A Escolhida? Gosta de livros de fantasia? Deixem nos comentários!

Biscoitos Amanteigados com receita ilustrada

Estou completamente viciada nas receitas ilustradas da Malipi e testando praticamente todas. Hoje vim compartilhar com vocês minha experiência ao fazer os biscoitos amanteigados. Juro que essa é uma das receitas mais fáceis que já fiz na vida (e já me sinto super masterchef).

O rendimento é bem pouco, dá em torno de 5 biscoitos amanteigados em um tamanho padrão de biscoitos, dá para uma pessoa só, se você gosta de comer bastante igual eu hehe. Se for fazer para mais pessoas, tem que dobrar a receita. Veja só como faz:

Como disse no início, minha experiência foi mais do que satisfatória. Segui a receita a risca e deixei no forno em fogo baixo em torno de 25 minutos. Os biscoitos ficaram crocantes e muito, mas muito gostoso mesmo, tipo esses biscoitos que você compra em feiras de comida artesanais sabe? Veja como ficou o meu:

E aí, vocês já tinham feito alguma receita de biscoitos amanteigados antes? Ficaram com vontade de fazer? Deixem nos comentários!

Home Office em tons neutros

Sou a louca dos tons neutros e muito fã de decoração minimalista com branco, madeira crua, mármore, cobre e preto. Dias desses estava navegando pelo Pinterest e estava vendo muitas inspirações nesses tons para diversos ambientes. Tive a ideia de pesquisar sobre Home Office em tons neutros e acabei encontrando uma inspiração mais linda do que a outra. Trouxe as que mais gostei para mostrar para vocês.

No final do ano passado eu fiz o meu Home Office nos tons de branco, preto, madeira crua e cobre. Numa próxima vez, trago fotos do meu Home Office para mostrar para vocês e quem sabe inspirar alguém. Mas por enquanto vamos ficar com as inspirações lindas do Pinterest.

Quem quer seguir esse estilo, na loja Muma, Loja Mod e na Decohouse encontra-se muito itens de decoração que seguem essa linha, vale a pena dar uma conferida.

Dá uma olhada nas inspirações:

E aí, gostou de inspirações de Home Office em tons neutros? Qual sua inspiração favorita? Deixe nos comentários!

DIY de Prancheta de Calendário

A primeira vez que pensei em um DIY de Prancheta de Calendário, a ideia era pintar em tom de cobre, considerando que os tons que estou usando na decoração são neutros: preto, branco e cobre. Porém a tinta que comprei em específico não pegou na prancheta, então acabei substituindo por papel contact preto que tinha em casa e também ia com a decoração do Home Office. Resolvi compartilhar do mesmo jeito dando duas ideias diferentes. Veja como ficou o meu DIY de Prancheta de Calendário.

Material:

– 1 Prancheta (paguei menos de R$3,00 na Kalunga)
– Tinta para madeira (opcional) OU
– Papel Contact da sua preferência

Resultado Final:

Extremamente fácil, apenas recortei o papel contact no formato da prancheta e colei. Claro que você pode encontrar pranchetas pretas por aí no mercado, mas eu usei o que eu tinha em casa e acabou ficando bem baratinho.

E aí, o que acharam desse DIY de prancheta de calendário? É bem simples e prático não é mesmo?

Wishlist de Fotografia

Sempre gostei muito de fotografia e estou procurando investir cada vez mais, comecei a fazer um curso recentemente e estou tentando comprar mais equipamentos que me auxiliem a tirar fotos mais legais. Tenho uma Canon T5i e as lentes de 18-55mm e 50mm. A lente de 50mm amo de paixão, é perfeita para detalhes e fotos com o fundo desfocado. Ultimamente ando querendo uma lente com um pouco mais de zoom, por isso me interessei pela lente de 75-300mm.

Outra coisa que gostaria de investir é numa boa iluminação, as vezes tiro fotos dentro de casa e gente! Como a minha casa é escura, as fotos acabam ficando horríveis devido a iluminação. A Go Pro é outro desejo meu, quando viajei para Nova York no ano passado me arrependi muito em não ter comprado. Estou no aguardo de uma próxima viagem para adquirir. O tripé é algo mais encaminhado, na verdade até já comprei, só falta chegar! Hehe. Por último, estou querendo essa caneca em formato de lente, fala se não é uma gracinha para os amantes de fotografia!

Confira minha wishlist de fotografia abaixo:

1 – Lente Canon

2 – Equipamento de Luz

3 – Tripé

4 – Go Pro

5 – Caneca de Lente

Os equipamentos de fotografia são bem caros, então essa wishlist de fotografia provavelmente vai se pendurar para o restante do ano, mas é legal ir pesquisando preços e se preparando financeiramente para esse fim né.

E aí, o que vocês acharam dessa wishlist de fotografia? Como anda a wishlist de vocês? Deixem nos comentários!