20 maneiras de cuidar de você mesma

Pensar em você mesma de vez em quando não é uma perda de tempo, é uma necessidade. Por isso hoje trouxe 20 maneiras de cuidar de você mesma e relaxar para que sirva de inspiração para que você pare e respire um pouco e não pense em nada além de você. Na correria do dia a dia ou muitas das vezes colocando as necessidades dos outros acima das nossas, esquecemos de nós, do que precisamos e consequentemente acabamos nos deixando de lado. Abaixo, segue 20 maneira de cuidar de você mesma, de maneira fácil e que já serve para você relaxar nem que seja por poucos minutos ou até mesmo segundos.

E aí, vamos desacelerar um pouco e aproveitar um momento com nós mesmos? O que acharam dessas 20 maneiras de cuidar de você mesma? Deixem nos comentários!

4 Perfis do Instagram para quem ama decoração minimalista

Se você já leu outros posts relacionados ao Instagram aqui do blog, sabe que essa é minha rede social favorita. Também sou aquela pessoa que passa quase o dia todo no Pinterest procurando inspiração de Decoração, principalmente decoração minimalista e projetos DIY.

Sendo assim, nos últimos tempos passei a procurar perfis com essa proposta e hoje vim compartilhar 4 perfis do instagram que mais gostei, espero que gostem também.

Apartamento 33 (@apartamento.33)

É o meu favorito no momento, pois todo o design e decoração deles é inspirado no estilo escandinava pelo qual sou apaixonada. No perfil eles compartilham sobre a reforma do apartamento e a decoração, muito interessante para quem curte o estilo escandinavo ou tem interesse em decoração no geral.

Nina Holst (@stylizimoblog)

Mais um perfil inspirado na decoração Nórdica. A Nina compartilha imagens lindíssimas, que dá vontade de sair comprando casa ou apartamento para começar a decorar (pena que só falta o dinheiro).

Kate La VIE (@kate.lavie)

Calma, não tem só decoração escandinava nos perfis compartilhados não haha. Além do feed da Kate beirar a perfeição, as decorações tem um pouco mais de cor, porém em tons pastéis, bem clean. Que acho lindo também. Tem bastante rose gold (muito amor).

Apartamento 84 (@apartamento84)

Por último temos o apartamento da linda da Raiza Nicacio, o apartamento dela também é inspirado no estilo escandinavo e tem uma decoração minimalista, que marca bem o estilo nórdico . Ela compartilhou bastante da reforma no canal de youtube também.

E aí, o que acharam desses perfis do instagram com decoração minimalista? Também gostam de decoração mais clean? Deixem nos comentários!

PS: Não se esqueçam de curtir a página do blog aqui para ficar por dentro de tudo e caso gostem de fotografia, dá uma olhada no meu instagram!

3 ideias de decoração com fotos estilo polaroid

Hoje vamos falar sobre 3 ideias de decoração com fotos estilo polaroid. Se você está a procura de decoração simples e barata, essa é uma ótima opção. E não precisa ser apenas fotos polaroids, você pode imprimir fotos nesse estilo ou como achar melhor e pronto.

Além de fotos polaroids, você pode imprimir imagens, mensagens e lugares bacanas para que quando você olhe para o seu mural se sinta inspirada e bem consigo mesma. Pois não sei vocês, mas eu pelo menos sou uma pessoal bem visual. Assim, se olho imagens legais e divertidas, meu humor melhora muito.

Dessas 3 ideias de decoração com fotos estilo polaroid, duas delas eu já apliquei no meu quarto, mostro fotos abaixo e ficou bem legal.

1 – Varal de Fotos

Um jeito simples e fácil, caso você queria evitar colar coisas na parede. Só colocar 2 pregos e amarrar com barbante. E se você tiver mini prendedores, vai ficar muito gracinha.

Fotos de Inspiração:

Como ficou o meu:

2 – Colar na parede:

Se você quiser colocar na parede, mais fácil ainda. Só colar com durex e você ainda pode dispor as fotos como quiser, formando até corações :).

Fotos de Inspiração:

Como ficou o meu:

3 – Usar galhos ou pequenos troncos de árvores

Estou vendo muito essa ideia no Pinterest ultimamente. Não parece ser difícil colocar em prática, e dá um ar meio escandinavo a decoração, não é mesmo?

E aí, o que acharam dessas 3 ideias de decoração com fotos estilo polaroid? Partiu colocar em prática? Deixem nos comentários!

5 músicas para fazer você amar o Estilo Indie

O termo Indie provém do Inglês, sendo a abreviação de independent, já que bandas que se caracterizam por esse estilo procuram se manter fora do mercado padronizado e gravadoras famosas, alguns, inclusive, criam sua própria gravadora.

O estilo Indie nasceu no Reino Unido por volta dos anos 80, mas foi só nos anos 90 que ficou mais conhecido, já que com a Internet a disseminação das bandas ficou mais fácil, ganhando conhecimento do público.

Além de Indie, esse estilo também é conhecido como alternativo e tocam músicas modernas que sempre aparecem em seriados inclusive e englobam bandas, cantores e músicos que são do universo pop, rock e folk. Seus conteúdos são destinados à grupos de pessoas que gostam de um determinado tema, ou seja, pessoas que tem interesse em produções que não são muito do conhecimento popular e acabam se caracterizando por esse estilo devido as suas preferências e comportamentos.

Abaixo segue cinco músicas indies de bandas alternativas que são bem bacanas. As músicas da Birdy sempre tocam em seriados tipo The Vampire Diaries.

Birdy – Let it All Go

Oh Wonder – All We Do

Tom Odell – Magnetised

Amber Run – I Found

Haim – If I Could Change your mind

E aí, o que acharam dessas músicas estilo Indie? Gostam dessas bandas mais alternativas? Deixem nos comentários!.

5 Filmes para assistir com Emma Roberts

Hoje vim compartilhar 5 filmes para assistir com Emma Roberts. A atriz de 25 anos tem ganhado mais destaque ultimamente, ao dar vida a personagem Chanel Oberlain no seriado Scream Queens. Além de Scream Queens, ela participou de outras séries de sucesso, como American Horror Story, da qual ela participou de 2 temporadas.

Eu passei a gostar dela e assistir aos filmes que ela participava após assitir o filme Garota Mimada (Wild Child) de 2008. Era bem o tipo de filme que gostava de assistir na adolescência. Após esse filme, passei a assistir todos os filmes que ela participava e hoje vim compartilhar com vocês os meus favoritos.

1 – Garota Mimada

Poppy, interpretada por Emma Roberts é uma adolescente rica e mimada que leva uma vida de princesa em Malibu, na Califórnia. Para combater a rebeldia da filha, seu pai a enviar para estudar num colégio interno na Inglaterra. Poppy de cara não se dá muito bem com as demais colegas na escola, que não toleram sua arrogância e a garota ainda tem que enfrentar a diretora da escola que não é nada agradável.

Eu adoraria ter a experiência de estudar num internato inglês.

2 – Nancy Drew e o Mistério de Hollywood

Nancy Drew, interpretada por Emma Roberts é uma adolescente que gosta de bancar a detetive na pequena cidade onde mora. Um dia, ela acompanha seu pai numa viagem de negócios a Los Angeles. Mesmo proibida pelo pai de fazer qualquer investigação, a garota escolhe a casa onde vão morar, que nada mais é a mansão da estrela de cinema Dehlia Draycott, que fora assassinada há muitos anos. Nancy Drew começa a investigar o assassinato e devido a isso, começa a receber estranhas ligações anônimas. Ela tenha descobrir se o caseiro da mansão está por trás do crime. O filme reúne mistério, aventura e claro, um pouco de romance.

3 – Aquamarine

Claire, interpretada por Emma Roberts e Hailey são grandes amigas, que encontram uma sereia chamada Aquamarine em uma piscina após uma tempestada. Aquamarine, fugiu de casa devido a um casamento prometido. A sereia quer apenas encontrar seu amor verdadeiro. Claire e Hailey se oferecem para ajudá-la e as três vão viver grandes aventuras.

4 – Pânico 4

Sidney Prescott, personagem principal dos filmes anteriores é agora uma famosa escritora que está fazendo uma turnê pelo país. Em sua última parada, ela passa pela sua cidade natal onde perdeu os amigos e a mãe, todos assassinados. Ela chega justamente no período que os assassinatos fazem aniversário e coincidência ou não, dois adolescentes acabam de ser assassinados. O assassino está atrás de Sidney novamente e também está atrás de sua família, sua tia Kate e sua prima Jill Roberts (interpretada por Emma Roberts). Sidney precisa lutar para salvar sua prima e seus amigos do novo assassino.

5 – Nerve

Vee DeMarco, interpretada por Emma Roberts é uma tímida garota, que não tem nada de especial e está prestes a sair do Ensino Médio e ir para a Faculdade. Após uma discussão com sua amiga Sydney, ela resolve provar que tem atitude e decide se inscrever num jogo online chamado Nerve. O jogo é dividido entre observadores e jogadores, sendo que os observadores decidem as tarefas a serem realizadas pelos jogadores. Logo em seu primeiro desafio Vee conhece Ian, um jogador que possui um passado obscuro. Os observadores se interessam por eles e passam a enviar cada vez mais tarefas para o casal em potencial.

E aí o que acharam desses 5 filmes para assistir com Emma Roberts? Já tinham assistido algum? Deixem nos comentários!

10 Frases motivacionais para começar bem a semana

Hoje compartilho 10 frases motivacionais que são ótimas para reflexão, inspiração e motivação. No segundo semestre do ano passado, eu estava passando por algumas dificuldades internas que estavam me desanimando. Em conversa com uma pessoa, a mesma disse que eu estava apenas sendo muito exigente comigo mesma.

Refletindo sobre isso, passei a tentar a ver tudo, de forma diferente e viver a vida de forma mais leve. É difícil tentar mudar algumas perspectivas, mas nada é impossível. Nessa nova perspectiva, passei a procurar por coisas que me inspirassem. Uma delas é sempre ler alguma frase motivacional ou de reflexão, que dá aquela vontade maluca de sair fazendo as coisas. E peguei gosto por ver vídeos motivacionais, de perseguir seus sonhos e afins. O engraçado é que eu odiava ver vídeos assim, achava que era besteira, mas não é, prometo. É bom para refletirmos sobre como levamos a nossa vida, nossos sonhos e objetivos.

Abaixo, compartilho 10 frases motivacionais que achei bem legais, as que não tiverem nome é porque é de autor desconhecido. E no fim do post, tem um dos meus vídeos favoritos para quem se interessar, que é sobre perseguir sonhos. Espero que gostem!

Vídeo:

E aí, o que acharam dessas 10 frases motivacionais? Vocês gostam de ficar lendo frases assim também? Deixem nos comentários!

4 motivos para assistir 3%

3% é uma série brasileira produzida pela Netflix. Relutei muito em assistir a série, pois pessoalmente não curto séries brasileiras por não terem o gênero que normalmente assisto. Sou mais ligada em séries de suspense e ficção. Porém 3% foi uma surpresa agradável, pois é diferente de tudo o que já vi aqui do Brasil. Ela tem uma mistura de Blac Mirror, por ser tecnológica e Jogos Vorazes, devido os personagens terem que passar por uma série de provas. A série contém 8 episódios, e com certeza você vai querer terminar no dia. Confira a sinopse abaixo e depois dê uma olhada nos 4 motivos para assistir 3%:

“Começamos com a série ambientada num futuro pós apocalíptico, onde o mundo é agora um lugar devastado. O Continente, como chamam é uma região do Brasil miserável, onde as pessoas passam fome e não tem recurso algum. Porém, quando uma pessoa completa 20 anos de idade, ela tem a chance de passar pelo que eles chamam de Processo, que nada mais é do que provas físicas e psicológicas que oferece as pessoas a chance de ir morar em Mar Alto. Mar Alto consiste em um lugar com recursos e oportunidades, todos sonham em ir para lá, mas só 3% dos inscritos vão conseguir.”

Gostou da sinopse? Então dá uma olhada nesses 4 motivos para assistir 3%:

1 – É diferente

Se você acha que vai começar a assistir e encontrar semelhanças com conteúdos produzidos no Brasil, esquece. 3% é diferente de tudo que você já viu por aqui. Se você já assistiu a série Black Mirror ou aos filmes dos Jogos Vorazes, as chances de você gostar de 3% são altas.

2 – É Complexa

Não é uma série para apenas passar o tempo. 3% é uma série complexa, que deixa o espectador cheio de perguntas, fazendo-o assistir aos episódios um atrás do outro, com esperança que suas perguntas serão respondidas.

3 – É pós apocalíptica e futurista

Quando pensamos em uma série pós apocalíptica, logo imaginamos que os personagens vão passar dificuldades, pois a falta de recursos é mais do que esperada. Porém, em 3%, apesar do mundo destruído há um lugar chamado Mar Alto, onde as pessoas não passam necessidade, tendo recursos em abundância. Esse choque de diferenças, em grau mais elevado, lembra muito a sociedade brasileira e do mundo em geral.

4 – Tem diversidade no Elenco

Estamos acostumados a encontrar personagens com uma certa características na televisão. Porém em 3% encontramos personagens que vão da menina branca à menina negra, tendo até pessoas com deficiência, sendo inclusive protagonistas. É interessante ver todos os tipos de pessoas sendo representadas como protagonistas, pois o mundo é assim não é mesmo? Não temos um padrão de pessoas.

Trailer:

Concluindo, é interessante que a Netflix tenha produzido a séria, dá orgulho ver o Brasil sendo representados por atrizes e atores bons e dando como resultado uma série que gera questionamentos e é de qualidade.

E aí, se interessou pela série? O que achou desses 4 motivos para assistir 3%? Deixem nos comentários.

Smoothie de Açaí com frutas vermelhas e banana

Se tem uma coisa que gosto é smoothie (ou vitamina). Não enjoa, pois dá para fazer várias combinações e é gostoso, mesmo quando adicionamos couve ou espinafre ou o que você quiser basicamente. Ultimamente tenho estado viciada no smoothie de acaí com frutas vermelhas e banana. E o engraçado é que detesto açaí puro, mas misturado com outras frutas, acaba ficando gostoso. Dessa vez, eu coloquei poucos líquidos, pois queria que ficasse bem grosso para eu poder comer na vasilha com granola. Caso você queira beber no copo normal, é só colocar mais líquidos.

Para essa receita você vai precisar:

1 colher de sopa de açaí
1 colher de sopa rasberry
1 colher de sopa de blueberry
1 banana
1 yogurt natural
100 ml de água de coco

Lembrando que você pode substituir os ingredientes como desejar, podendo por exemplo, cortar as frutas vermelhas e só fazer açaí com a banana, fica ótimo também.
Não inserir nenhum tipo de açúcar, pois as frutas já possuem o açúcar natural, principalmente a banana.

Preparo:

Coloquei os líquidos primeiro, yogurt e água de coco, depois o açaí e bati. Após, fui inserindo as frutas aos poucos. Ficou bem consistente, do jeito que eu queria. Coloquei numa vasilha e completei com granola. Sustenta muito bem.

E aí, vocês também gostam de smoothie? Já experimentaram algum com acaí? Deixem nos comentários!

O que rolou em Janeiro

Janeiro começou bem para mim, duas coisas que gosto muito de fazer se juntaram e consegui aproveitar o meu tempo. Curto muito viajar e tirar fotos (quem não curte né? Haha). Então nesse primeiro mês do ano, praticamente todos meus finais de semana foram preenchidos com passeios e muitas fotos. E resolvi compartilhar com vocês o que rolou em Janeiro.

Parque Natural Chico Mendes – Sorocaba

Logo no início do ano fui sozinha visitar um parque aqui da minha cidade, um parque natural chamado Chico Mendes. Eu costumava odiar fazer as coisas sozinha, mas estou gostando, é bom ter aquele tempo só para nós não é mesmo? Nesse parque, tem pista de caminhada, parque para as crianças e um lago. É muito bom para passar o tempo e tirar fotos.

Poços de Caldas – MG

Em seguida, viajei com meus pais para Poços de Caldas em Minas Gerais, fica aqui perto de São Paulo e todo ano vamos para lá. O legal é que fui e voltei dirigindo e não me perdi nenhuma vez, foi meio que uma road trip com meus pais (risos). Poços de Caldas é uma cidade turística, bem gostosa e perfeita para relaxar. Além dos pontos turísticos, tem um mercado municipal bem bacana onde vende queijos e doces típicos de Minas.

Jardim Botânico – Sorocaba

E por último, fui no Jardim Botânico aqui da minha cidade. Já tinha visitado uma vez, porém voltei para fazer novas fotos e aproveitar o lugar mesmo. Infelizmente não estava tão florido como da outra vez que fui, mas rendeu fotos legais.

Para o mês de fevereiro já fiz um cronograma dos lugares que quero visitar, vamos ver se vai rolar.

E aí, o que rolou em Janeiro para? Deixe nos comentários!

Harry Potter e a criança amaldiçoada

A oitava história. Dezenove anos depois…

Lembro de quando li as últimas páginas do sétimo livro do Harry Potter a muitos anos atrás. Acabou com Harry levando seu filho Alvo para pegar o trem para Hogwarts. Ficou um gostinho de quero mais. Quando começou a sair notícia que ia sair uma oitava história, contando fatos ocorridos 19 anos depois, como toda boa fã da série de livros, soube que tinha que comprar. Porém diferente dos demais livros, que foram lidos em questão de dias, eu demorei quase um mês para ler Harry Potter e a Criança Amaldiçoada. Li outros livros e fui deixando ele de lado. O motivo é que sinto uma completa aversão por livros escritos como roteiro de peça teatral. Não consigo gostar. Lembro que deixei muitos livros do Shakespeare de lado por ser nesse estilo. Antes de dar minha opinião sobre a história, confira abaixo a sinopse do livro.

“Sempre foi difícil ser Harry Potter, e não é mais fácil agora que ele é um sobrecarregado funcionário do Ministério da Magia, marido e pai de três crianças em idade escolar. Enquanto Harry lida com um passado que se recusa a ficar para trás, seu filho mais novo, Alvo, deve lutar com o peso de um legado de família que ele nunca quis. À medida que passado e presente se fundem de forma ameaçadora, ambos, pai e filho, aprendem uma incômoda verdade: às vezes as trevas vêm de lugares inesperados.”

Como podemos ver pela sinopse, a história é centrada no filho de Harry, Alvo Severo Potter, o garoto que levou o nome de dois grandes diretores de Hogwarts. Foi legal ler uma sequência da história dos três amigos Harry, Rony e Hermione, embora, como já dito, eles não sejam totalmente o foco da história. Por ser uma edição especial de roteiro de peça teatral, a história é contada focando apenas em diálogos, o que me deixou um pouco com o pé atrás, pois gosto de ler livros que sejam enriquecidos em detalhes, pois conseguimos formar imagens praticamente completas na nossa mente. Mas era de se esperar, afinal é uma peça de teatro.

Começamos o livro com Harry levando Alvo para pegar o trem para Hogwarts pela primeira vez. Todos esperam encontrar super garoto badass que leva o nome da família e tudo mais. Porém, aos olhos das pessoas, Alvo é praticamente um perdedor. Logo nas primeiras páginas, os anos passam rapidamente, e vemos Alvo se tornando um garoto recluso, sem nenhum destaque na escola, tendo apenas um único amigo, Escórpio, que acreditem ou não, é filho de Draco Malfoy, o grande inimigo de Harry nos tempos de escola.

Dessa parte eu gostei muito, pois apesar das diferenças dos pais, os meninos pouco se importam com os comentários sobre eles e se tornam grandes amigos, formando um forte laço de amizade, o que torna Alvo bem parecido com Harry nesse sentido, considerando que ambos valorizam muito a amizade.

Com a intenção de provar algo a seu pai, Alvo acaba roubando um Vira Tempo e juntamente com Escórpio, resolve voltar no tempo e salvar a vida de Cedrico Diggory durante o Torneio Tribuxo. A partir disso, uma série de complicações ocorrem, que só lendo o livro para saber.

Minhas considerações sobre os personagens de Harry Potter e a Criança Amaldiçoada não são muito favoráveis. Para minha surpresa, gostei mais do filho do Draco Malfoy do que do filho de Harry. Alvo, ao meu ver, é um garoto egoísta que vê tudo a sua volta de forma negativa e culpa Harry pelos seus problemas. Já Escórpio, filho de Draco, apesar do legado nada bom da família, é um garoto amigável e que aguenta Alvo e seus problemas, sem reclamar. Sobre Harry, Rony e Hermione, os personagens não foram muito explorados na fase adulta. Não sei se é por isso inclusive, mas apesar de ser a oitava história do mundo Harry Potter, não senti aquela conexão com a história original, não me senti envolvida com os personagens e para mim pareceu apenas mais um livro. Se você é fã de Harry Potter, claro que vale a pena conferir Harry Potter e a Criança Amaldiçoada. Pois apesar de tudo é uma história de Harry Potter.

E aí, já leu Harry Potter e a criança amaldiçoada? O que achou? Deixe nos comentários!